Sábia citação

Uma amiga publicou uma citação no facebook que fez com que eu me identificasse muito, melhor, essa citação é a síntese da minha biografia!!!   “Aprender a ler a vida e o que ela está querendo dizer é uma arte animadora e muito desafiadora. Quando uma porta fecha lá atrás é porque não é para voltar por ali, ou quando se fecha lá na frente, pode significar que não é para passar por lá. (…)  A leitura da vida consiste em perceber nos pequenos detalhes o que ela está querendo dizer.” Hilton Moura – Trocando a Sintonia Anúncios Continuar lendo Sábia citação

Declaração de amor, por Clarice Lispector

Esta é uma confissão de amor: amo a língua portuguesa. Ela não é fácil. Não é maleável. E, como não foi profundamente trabalhada pelo pensamento, a sua tendência é a de não ter sutilezas e de reagir às vezes com um verdadeiro pontapé contra os que temerariamente ousam transformá-la numa linguagem de sentimento e de alerteza. E de amor. A língua portuguesa é um verdadeiro desafio para quem escreve. Sobretudo para quem escreve tirando das coisas e das pessoas a primeira capa de superficialismo. Às vezes ela reage diante de um pensamento mais complicado. Às vezes se assusta com o … Continuar lendo Declaração de amor, por Clarice Lispector

Frases de Millôr Fernandes

Não é segredo. Somos feitos de pó, vaidade e muito medo. Quem mata o tempo não é assassino, mas sim um suicida. O homem é o único animal que ri e é rindo que ele mostra o animal que realmente é. Paz na terra aos homens de boa vontade. Isto é, paz para muito poucos. Se os seus princípios são rígidos e inabaláveis, você, pessoalmente, já não precisa ser tanto. Quando um técnico vai tratar com imbecis, deve levar um imbecil como técnico. Se todos os homens recebessem exatamente o que merecem, ia sobrar muito dinheiro no mundo. Passado: É … Continuar lendo Frases de Millôr Fernandes

O que é o tempo?

Tentemos fornecer uma explicação fácil e breve. O que há de mais familiar e mais conhecido do que o tempo? Mas, o que é o tempo? Quando quero explicá-lo, não encontro explicação. Se eu disser que o tempo é a passagem do passado para o presente e do presente para o futuro, terei que perguntar: Como pode o tempo passar? Como sei que ele passa? O que é um tempo passado? Onde ele está? O que é um tempo futuro? Onde ele está? Se o passado é o que eu, do presente, recordo, e o futuro é o que eu, … Continuar lendo O que é o tempo?

Por Montaigne (1533-1592)

“Que me explique pelo raciocínio em que consiste a grande superioridade que o homem pretende ter sobre as demais criaturas. Quem o autoriza a pensar que o movimento admirável da abóbada celeste, a luz eterna destas tochas girando majestosamente sobre sua cabeça, as flutuações comoventes do mar de horizontes infinitos, foram criados e continuem a existir unicamente para sua comodidade e serviço? Será possível imaginar algo mais ridículo do que esta miserável criatura, que nem sequer é dona de si mesma, que está exposta a todos os desastres e se proclama senhora do universo? Se não lhe pode conhecer ao … Continuar lendo Por Montaigne (1533-1592)

Guilhotina para os hipócritas

“Perfeição demais me agita os instintos… Quem se diz muito perfeito, na certa encontrou um jeito insosso prá não ser de carne e osso…” Essa frase é da música Carne e Osso, da Zélia Duncan. Sempre que ouço, lembro de uma determinada religião a qual eu tenho muito, mas muito preconceito. Eu sei que o preconceito é um bicho muito feioso, mas eu juro que é o único que eu tenho, de verdade. Essa é a religião do povo mais hipócrita da face da terra. Não costumo julgar e nem rotular pessoas e desaprovo quem o faz, por isso às … Continuar lendo Guilhotina para os hipócritas