Você não sabe, mas o zika vírus pode ser sexualmente transmissível

A informação de que existe a possibilidade do zyka vírus ser transmitido através do ato sexual não está sendo veiculada aqui no Brasil, no entanto, o blog da Revista Super Interessante publicou uma nota no dia 29 de janeiro afirmando que, segundo o The New York Times, o vírus foi encontrado em amostras de sêmem.

Em 2008, um biólogo pesquisador, ao retornar de uma viagem para o Colorado, começou a sentir sintomas da malária, dengue e febre amarela, também com suspeitas de zyka. Semanas depois a esposa, que não acompanhou o marido na viagem, apresentou os mesmos sintomas.

“O outro caso, mais recente, aconteceu em 2013, durante o surto da doença na Polinésia Francesa. Analisando o sêmen de um homem de 44 anos, cientistas franceses encontraram altos níveis do vírus, mesmo quando ele não estava mais presente no sangue. A urina também estava contaminada. O episódio também não foi levado adiante, e os pesquisadores não sabem por quanto tempo a Zika ficou no corpo do paciente”, diz o blog.

Apesar do artigo enfatizar que são necessárias mais evidências para confirmar se o contato sexual é um meio de transmissão, a edição 356 da mesma revista impressa – janeiro de 2016, página 10 – afirma com convivção: “O que se sabe é que o vírus (zyka) é transmitido pelo Aedes Aegypti, mas também por relação sexual, transfusão de sangue e até por transplante de órgãos.” Na mesma página diz ainda que os primeiros casos da doença surgiram em 1947 em macacos africanos e foi apontado como uma infecção humana em 1950.

Raras vezes testemunhamos a ciência sem respostas para uma infinidade de perguntas sobre o mesmo problema: um mosquito, que além de transmitir o zika e suas complicações a exemplo da microcefalia, é responsável pela transmissão dos vírus da dengue e da febre chikungunya. Em se tratando de vírus, a própria gripe ainda é um enigma para a ciência. O influenza sofre mutações o tempo todo e cada vez se torna mais resistente aos remédios e às vacinas.

Os testes com a vacina da dengue estão previstas para fevereiro. Apesar da mortalidade do zika vírus ser pequena, os efeitos causados são devastadores e muitos especialistas afirmam que o caso é mais grave que o ebola.

O problema é alarmante, e o que torna o bicho muito mais feio é a falta de conhecimento. Se for anunciado oficialmente o risco de contágio do vírus pela atividade sexual, a população precisa estar ciente que a camisinha é um acessório tão importante quanto o repelente.

Seria o zyka vírus a evolução da AIDS ?
Estamos de fato diante de uma época de sofrimento, escassez, retrocesso e obscurantismo, como na Idade Média?

Veja íntegra da nota da Secretaria de Imprensa da Presidência da República:

A Presidenta da República, Dilma Rousseff, telefonou hoje ao Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, com o objetivo de aprofundar a cooperação bilateral na área de saúde, para o combate e desenvolvimento de uma vacina contra o zika vírus.

A Presidenta Dilma e o Presidente Obama acordaram a criação de um Grupo de Alto Nível entre Brasil e Estados Unidos para desenvolver sua parceria na produção de vacinas e produtos terapêuticos. O Grupo terá como base a já existente cooperação entre o Instituto Butantan e o National Institute of Health (NIH) para pesquisa e produção da vacina contra a dengue.

Os Presidentes determinaram a realização de contatos entre a Departamento de Saúde dos Estados Unidos e o Ministro da Saúde do Brasil, com o objetivo de aprofundar a cooperação.

Secretaria de Imprensa
Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República

Monique Gomes é jornalista certificada em Marketing de Conteúdo e Co-fundadora do Projeto TM Fácil.

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s