Pular para o conteúdo

O Problema dos 3 Corpos explicado

A série de suspense de ficção científica da Netflix, “O Problema dos Três Corpos”, termina de maneira intrigante, sugerindo possíveis caminhos para uma segunda temporada.

Criada pelos autores de “Game of Thrones”, David Benioff e DB Weiss, juntamente com Alexander Woo, a série é uma adaptação da aclamada trilogia de livros do escritor chinês Liu Cixin (mais informações abaixo).

O Problema dos 3 Corpos é sobre o quê?

Elenco completo da série O Problema dos 3 Corpos Final Explicado
Elenco da série O Problema dos 3 Corpos Final Explicado

A primeira temporada, composta por oito episódios, começa nos primeiros dias da Revolução Cultural da China, com um evento angustiante: o assassinato brutal do pai da prodígio da astrofísica Ye Wenjie (interpretada primeiramente por Zine Tseng em sua juventude e posteriormente por Rosalind Chao) pelas mãos dos Guardas Vermelhos.

Posteriormente, a história avança para a Inglaterra contemporânea, onde o detetive Da Shi (Benedict Wong) é incumbido de investigar uma série de suicídios de cientistas. Descobre-se que Ye, desiludida e recrutada para uma instalação militar clandestina destinada a fazer contato com vida extraterrestre, decide divulgar as coordenadas da Terra para uma civilização alienígena, ignorando os avisos sobre sua hostilidade.

Agora, os San-Ti, uma raça alienígena tecnologicamente avançada, estão a caminho da Terra, com previsão de chegada em 400 anos. Conforme a história se desenrola, as vidas entrelaçadas de um grupo unido de cientistas, apelidado de Oxford Five – Jin Cheng (Jess Hong), Saul Durand (Jovan Adepo), Auggie Salazar (Eiza González), Jack Rooney (John Bradley) e Will Downing (Alex Sharp) – tornam-se cada vez mais envolvidas na luta pela sobrevivência da humanidade.

Afinal, o que é o problema dos 3 corpos?

Em termos simples, quando três corpos celestes (como planetas, estrelas ou sóis) interagem entre si devido à força gravitacional, surge um problema. Normalmente, quando apenas dois corpos interagem, é mais fácil prever seus movimentos. Mas quando três ou mais interagem simultaneamente, resulta em órbitas caóticas.

Na série, o planeta San-Ti orbita em torno de um sistema solar composto por três sóis. Durante uma era estável, o planeta orbita em torno de um sol, proporcionando condições relativamente estáveis para a vida. No entanto, durante uma era caótica, o planeta é influenciado pela gravidade de múltiplos sóis.

Dessa forma, ele fica em condições extremas que podem ser inabitáveis. Isso leva os San-Ti a empreenderem uma fuga em massa do planeta natal. Em entrevista à Netflix, o Dr. Kenzie enfatiza que não há soluções conhecidas para o problema dos três corpos, tornando-o um desafio formidável de se lidar.

Quem são os San-Ti?

Os San-Ti são os alienígenas que estão a caminho da Terra, com quem Ye Wenjie fez contato pela primeira vez na base militar chinesa nos anos 60. Mais tarde, descobrimos que o planeta deles, que fica a quatro anos-luz de distância, está condenado devido às condições climáticas instáveis causadas pelos três sóis que o orbitam.

Inclusive, o título da série é uma referência aos três sóis. Os San-Ti devem chegar à Terra em 400 anos, por volta de 2.424. Quando Ye fez contato pela primeira vez, levou quatro anos para o som viajar até os alienígenas e mais quatro para voltar, mas eles têm a tecnologia para comunicar mais rapidamente agora, então a comunicação instantânea é possível.

Qual a tecnologia dos San-ti?

Com base na história de ambas as espécies, os San-Ti anteciparam que os humanos se desenvolveriam mais rapidamente que eles. Então, decidiram empregar os “sófons” para conter ainda mais o progresso científico e tecnológico da humanidade.

Estes “sófons” são computadores incrivelmente pequenos, dos quais os San-Ti enviaram dois para a Terra. Esses dispositivos têm a capacidade de observar e escutar tudo o que ocorre no planeta, tornando impossível manter qualquer informação em segredo dos alienígenas.

Além disso, podem interferir em experimentos, como o projeto liderado por Vera Ye, e até mesmo manipular a percepção da realidade dos humanos, controlando o que veem e ouvem.

Por que os San-ti se desidratam?

Os San-Ti possuem a habilidade de se “desidratar”, ou seja, eles se achatam em uma forma enrolada como se fosse papel. Assim, todas as funções biológicas são interrompidas, permitindo que se conservem ao longo das eras turbulentas.

Quando chega uma era mais estável, qualquer San-Ti sobrevivente e desidratado é jogado em poças de água, e então eles revivem, semelhante às toalhas de mão comprimidas que crescem em contato com a água.

Embora as civilizações San-Ti compartilhem semelhanças com as humanas no jogo, sua biologia é nitidamente diferente. “Não somos nada parecidos com vocês”, declarou a espadachim a Jin e Thomas Wade (Liam Cunningham) durante uma demonstração posterior.

Que mensagem os militares enviam para os San-Ti?

ESTENDEMOS A TODOS OS HABITANTES DE OUTROS MUNDOS NOSSOS CALOROSOS CUMPRIMENTOS. TRANSMITIMOS NOSSOS CALOROSOS CUMPRIMENTOS AOS HABITANTES DE OUTROS MUNDOS. BUSCAMOS FAZER CONTATO COM OUTRAS SOCIEDADES CIVILIZADAS DO UNIVERSO. QUEREMOS TRABALHAR E CONSTRUIR AO LADO DE VOCÊS UMA VIDA MELHOR NESTE EXTENSO UNIVERSO.

Ye Wenjie (Rosalind Chao)

Por que Ye Wenjie respondeu aos alienígenas?

Ela estava revoltada com a crueldade que experimentou nas mãos de seus semelhantes durante a Revolução Cultural, então a bonita acredita que os San-Ti podem salvar a humanidade – mesmo que os San-Ti alertassem que “seu mundo será conquistado” se ela respondesse às suas mensagens enviadas décadas antes das excursões de VR de Jin.

O que tem no tanque que Vera pulou?

No primeiro episódio, a Dra. Vera Ye, ex-professora da equipe de cientistas do Oxford Five, se aproxima de uma plataforma no topo de um grande tanque e mergulha fatalmente em uma piscina rasa abaixo.

Esse enorme tanque, conhecido como detector de partículas ou tanque Cherenkov, é utilizado para observar, medir e identificar partículas, incluindo neutrinos, uma partícula comum proveniente em grande parte do sol.

Qual é a função de um acelerador de partículas?

No enredo, Jin (Jess Hong) é uma especialista em física de partículas. Ela ocupa o cargo de pesquisadora sênior no grupo de física teórica do Imperial College London, realizando uma análise abrangente dos resultados de experimentos conduzidos com aceleradores de partículas em todo o mundo.

Mas a pesquisa é abruptamente interrompida quando os principais aceleradores começam a produzir resultados desconcertantes. Os aceleradores de partículas mencionados operam utilizando campos eletromagnéticos para impulsionar partículas carregadas a altas velocidades e energias.

Posteriormente, um detector de partículas (como o tanque em que Vera saltou) é empregado para examinar os desfechos das colisões originadas pelos aceleradores de partículas. Esses experimentos fornecem valiosas informações sobre o funcionamento do universo.

Por que as pessoas a bordo se desintegram junto com o navio?

Após o teste realizado em um cubo de diamante sintético no segundo episódio, somos confrontados com os verdadeiros terrores da tecnologia de nanofibras.

É que ela é usada para cortar corpos humanos no quinto episódio, onde centenas de pessoas simpatizantes dos San-Ti estão a bordo do navio, que também se desintegra junto com elas.

O que são nanofibras?

Na série, Auggie lidera uma empresa que desenvolve nanofibras de polímeros sintéticos auto-organizáveis, com a esperança de utilizar sua última inovação para resolver questões globais, como a pobreza e as doenças.

Mas, afinal, o que são nanofibras?

Nanofibras são materiais com uma largura medida em nanômetros, ou seja, uma milionésima parte de um milímetro de espessura. Podem ser compostas de grafeno (uma camada de carbono com a espessura de um único átomo) e são extraordinariamente resistentes.

A tecnologia de nanofibras existe na vida real?

Sim, embora seja desenvolvida em laboratórios sob condições altamente específicas. Ainda que a produção em massa dessa tecnologia não seja tão comum quanto a retratada na série devido aos custos e à complexidade envolvidos, ela ainda é suficientemente resistente para cortar qualquer material.

O que aconteceu com Will?

No segundo episódio, Will recebe o diagnóstico de câncer terminal na tireoide e é informado de que tem apenas de dois a seis meses de vida. No quinto episódio, Wade lança a Operação Escadaria, que visa enviar uma sonda de reconhecimento para interceptar os San-Ti em sua jornada rumo à Terra.

Entretanto, com os alienígenas ainda distantes 400 anos-luz, como uma espaçonave poderá alcançá-los a tempo? A solução proposta por Jin é utilizar armas nucleares para impulsionar a sonda, que será equipada com uma “vela de radiação” alimentada por múltiplas explosões nucleares contínuas e um paraquedas.

Segundo seus cálculos, serão necessárias 1.000 explosões para atingir a velocidade da luz necessária de 0,0112. Wade sugere enviar uma pessoa, mas, para atingir essa velocidade, a nave só pode transportar até 2 kg de carga – assim, ele propõe extrair o cérebro de um voluntário e enviá-lo.

Isso porque existe a expectativa de que os San-Ti tenham a tecnologia para “reconstruir” o voluntário. Jin sugere o nome de Will, dado que ele já está à beira da morte, e Will concorda. Ele passa por um procedimento para extrair o cérebro do corpo, que é então congelado e colocado na nave.

Os cientistas se dirigem ao Cabo Canaveral, na Flórida para o lançamento da nave, e as primeiras explosões são bem-sucedidas. No entanto, uma das cordas do paraquedas se rompe, fazendo com que a cápsula desvie do curso. Isso significa que o cérebro de Will ficará flutuando no espaço indefinidamente.

O que são Sófons?

No episódio 5, o incrível físico Jin e o agente malvado Wade descobrem algo realmente louco: os San-Ti, uma espécie alienígena, estão espionando a humanidade há décadas usando sófons.

Os sófons são supercomputadores minúsculos do tamanho de prótons, só para você ter uma ideia de quão pequenos são. E o que eles fazem? Sabotam os avanços científicos e tecnológicos dos seres humanos, hackeia todos os aceleradores de partículas e até mesmo muda as telas do mundo para mensagens estranhas como “Vocês são insetos”.

Os Sófons criaram a contagem regressiva?

Além de serem superespertos e tecnológicos, os sófons têm poderes extras. Eles podem mexer com a mente e a visão das pessoas. Tipo, eles colocaram uma contagem regressiva na cabeça de Auggie e em um monte de outros cientistas, incluindo a Vera. E sabe o que mais?

Fizeram todo mundo no planeta ver as estrelas piscando. E aí tem ainda mais uma coisa confusa: no jogo de realidade virtual dos San-Ti, a guerreira que aparece é creditada como Sophon.

” O Universo já piscou pra você? “

Quem são os Wallfacers?

Os Wallfacers anunciados na série são:

  • General Hou Bolin, renomado autor de livros sobre história militar
  • Professora Leila Ariç, uma soldada que ganhou destaque lutando contra o ISIS em Raqqa
  • Saul Duran, um dos Oxford Five e um físico treinado

Eles formam um grupo de elite reunido para proteger a humanidade da invasão dos San-ti.

O mais importante é que o grupo precisa elaborar planos apenas em suas cabeças e não podem compartilhá-los com mais ninguém, porque os San-ti estão sempre vendo e ouvindo tudo.

Além disso, os Wallfacers têm uma autoridade de alto nível e uma espécie de passe livre de segurança. Eles não precisam explicar nada a ninguém e devem ter tudo o que precisam, sem perguntas.

Tatiana é humana ou San-ti?

Tatiana parece ser uma humana. Ela é descrita como uma devota seguidora dos San-Ti, o que indica que é uma aliada dos alienígenas e não necessariamente um deles. Além disso, ela encontra um fone de ouvido VR junto com um cartão com o mantra dos San-Ti, o que sugere que ela está se envolvendo com a tecnologia e as ideologias deles.

O destino da moça toma um rumo intrigante quando ela retorna à floresta após uma breve missão na China para eliminar Ye. Lá, ela encontra um capacete RV e um cartão com o mantra dos alienígenas: “Se um de nós sobreviver, todos nós sobreviveremos”. Ela reconhece que foi escolhida para um propósito maior.

Por que Auggie desiste do projeto?

Ela ficou decepcionada com o que ajudou a fazer: matar pessoas, inclusive muitas crianças, que estavam no barco que foi totalmente desintegrado. Em San Luis Potosí, México, Auggie (Eiza González) está aplicando sua tecnologia de nanofibras para purificar a água potável de um vilarejo próximo. Envolvida nesse projeto, ela encontra satisfação em contribuir para uma causa que verdadeiramente acredita, alinhando seu trabalho com seus valores.

Qual a origem do capacete de realidade virtual?

Capacete do jogo de realidade virtual na série O Problema dos 3 Corpos.
John Bradley é Jack Rooney | Cortesia Netflix © 2024

O capacete é um jogo de RV, um equipamento de alta tecnologia desenvolvido pelos San-Ti, tão leve que mal se sente ao usá-lo. Totalmente sem fio, ao contrário de outros dispositivos, como o Apple Vision Pro, parece funcionar sem necessidade de ajustes visuais ou outras configurações. Basta colocá-lo e pronto.

É uma maneira fascinante de conhecer a história do San-Ti, que se torna cada vez mais clara a cada nível que avança. O jogo não é um quebra-cabeça; o problema dos três corpos é insolúvel. Qualquer espécie existente num sistema estelar tão instável enfrentará sempre a erradicação, eventualmente.

É uma demonstração dos San-Ti de que eles não têm escolha a não ser abandonar seu planeta e encontrar um novo lar. No início do episódio 1, Jin Cheng (Jess Hong) recebe um desses dispositivos em uma visita a Ye Wenjie (Rosalind Chao), mãe da amiga falecida Vera.

Com o capacete colocado, Jin se encontra em uma paisagem desértica hiper-realista, com as palavras “Nível Um” ecoando alto. O dispositivo afeta todos os sentidos, transportando efetivamente a mente para um novo plano de existência. Jin se maravilha com a experiência.

Por que Jack e Auggie são mortos quando entram no jogo?

Quando um dos amigos de Jin, o magnata dos lanches Jack Rooney (John Bradley), coloca as mãos no fone de ouvido dela, uma mulher aparece e diz severamente: “Você não foi convidado”, antes de cortá-lo com uma espada.

A mesma situação acontece quando Auggie (Eiza González) tenta jogar. Os San-Ti querem que apenas algumas pessoas selecionadas usem a tecnologia. No entanto, Jack finalmente consegue, porque recebe um capacete de presente com um cartão que diz: “Nós o convidamos para jogar”.

Jin e Jack passam para o nível 4

Jin e Jack são convidados para o Nível Quatro, que, no fim das contas, é basicamente uma iniciação. Colocando os capacetes mais uma vez, ambos são recebidos pela “guia” do jogo, aquela mulher misteriosa com uma espada.

“Só existe uma solução quando o seu mundo está condenado”, diz a mulher. “Fuja”, Jin sussurra em resposta. E assim, depois de 9.478 civilizações terem sido construídas, destruídas e reconstruídas, os San-Ti estão aceitando um convite para ir à Terra – tudo porque Ye Wenjie deu o sinal verde para eles no Episódio 2.

Aproveite para ler também:


Por Monique Gomes

Empreendedora digital, copywriter,
analista de SEO on-page, gestora de tráfego.