Como transformar um boato em oportunidade

A criatividade é uma competência característica de empreendedores – mas isso não quer dizer que ela não pode ser acionada, construída e desenvolvida.

Quando se trabalha em equipe, muitas vezes a empresa não oferece um ambiente propício para a criação. Existe o preconceito com o novo, o diferente, o ousado – em consequência, muitos talentos não se desenvolvem porque são ignorados. Felizmente há exceções. O mundo corporativo despertou para a importância da criatividade, um exemplo explícito é a ascensão das startups.

Para o profissional autônomo a liberdade de inovar é infinitamente maior. Ele é o dono do seu próprio nariz, é criador e criatura no seu negócio. Empreender é desenvolver diversas habilidades, criar, inovar, ir além do óbvio. Tudo isso precisa de criatividade.

A atriz e cantora Nanda Costa, em resposta ao boato de que estaria namorando a amiga e também cantora Emanuelle Araújo, gravou um clipe musical. Bem assim. Ao invés de se incomodar, vamos criar. “Me erra” é o nome do funk. O estilo lembra Gabriel, O Pensador, e faz uma crítica a esse jornalismo de merda que privilegia a vida íntima dos famosos – ou de quem eles consideram famosos.  O clipe pode ser visto acima. Aqui, trechos da música:

[…] Que sacanagem / tirar vantagem / vida privada

[…] Vê se me erra! Vai honrar o seu salário!

[…] Com fé, vou dar um rolé, tomar um café. Que furo você quer?

“Morri de rir quando vi essa nota. Sabe o mais chocante disso tudo? Emanuelle é parceria, a gente é superamiga e tiramos a foto durante uma canja que dei no Moinho (banda de Araújo e Lan Lanh). Jogaram na Internet e virou essa loucura, o assunto mais comentado. Que jornalismo é esse? Dei risada, mas depois fiquei assustada com o alcance, porque está acontecendo tanta coisa séria no país e o assunto mais comentado é com quem eu não estou ficando”, desabafou ela. “Mas eu pego tudo isso como inspiração e transformo em outra coisa”, declarou Nanda Costa à Revista Época.

Muito mais que um funk, essa música é um grito contra o jornalismo que dissemina alienação, é um protesto contra o consumidor desse tipo de conteúdo, ou seja, aquelas pessoas que sofrem de diarreia mental -> quanto mais gente buscar informações sobre quem traiu quem, quem dormiu com quem, quem beijou quem, mais lixos serão publicados.

Música: Me Erra Part. Emanuelle Araujo e Lan Lanh
Artista: Nanda Costa
Vídeo: Orlatoons
Autores: Nanda Costa, Carolina Monte e Felipe Pinaud
Bateria: Dede Silva
Percussão: Lan Lanh
Bateria Eletrônica: Carolina Monte
Baixo, Teclados, Guitarras e Flautas: Felipe Pinaud
Arranjo de Flautas: Felipe Pinaud
Gravado por Carolina Monte
Mixado por Carolina Monte e Felipe Pinaud
Produzido por Carolina Monte e Felipe Pinaud no Top 5 Estudio, RJ.

Monique Gomes é jornalista freelancer, blogueira, cinéfila, isenta de glúten e certificada em Marketing de Conteúdo pela Rock Content.

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 151 outros seguidores

 

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s