Pular para o conteúdo

51% dos brasileiros associam felicidade à aparência física

A aparência física é responsável pela felicidade? Para 51% dos brasileiros, a resposta é sim, segundo pesquisa realizada pela Opinion Box.

Outra pesquisa recente revelou que 65% dos entrevistados desejam ver uma variedade maior de corpos representados nas propagandas.

Ou seja, anúncios protagonizados por pessoas que se parecem mais com elas têm um impacto maior nas decisões de compra.

Aparência física x bem-estar

A aparência física é importante para a felicidade da maioria das pessoas, segundo pesquisa.

A associação entre felicidade e aparência física hoje é uma realidade presente em nossa sociedade, e diversas razões podem explicar essa conexão.

Em primeiro lugar, vivemos em uma era digital onde as imagens têm um papel central.

As redes sociais, com seus feeds repletos de fotos de pessoas felizes e bem-apresentadas criam uma narrativa de que a estética está intrinsecamente ligada à felicidade.

Essa exposição constante a padrões de beleza idealizados faz com que muitas acreditem que alcançar um corpo ou rosto perfeitos é o caminho para a satisfação pessoal.

No entanto, é importante lembrar que a verdadeira felicidade vai além da superfície e está profundamente enraizada em aspectos emocionais, relacionamentos e autenticidade pessoal.

A busca pela estética menos invasiva

A indústria global de medicina estética é um mercado em ascensão, avaliado em incríveis US$ 112 bilhões em 2022 e as projeções são ainda mais impressionantes: prevista de 14,7% de 2023 a 2030, de acordo com dados do Grand View Research.

O Brasil, conhecido por sua paixão pela beleza, é um grande participante nesse cenário. A consultoria Mordor Intelligence prevê que o mercado de dispositivos estéticos no Brasil crescerá de US$ 0,94 bilhão em 2023 para US$ 1,57 bilhão em 2028, com um CAGR de 10,88% ao longo desse período.

Esse aumento é impulsionado pela crescente demanda por procedimentos estéticos avançados, menos invasivos e com resultados de alto desempenho.

Beleza x qualidade de vida

beleza e estética andam juntas

O mundo dos procedimentos estéticos está em constante evolução, e por trás dessa tendência está muito mais do que apenas a busca por uma nova aparência.

Conversamos com a especialista em estética e CEO da VM Estética e Emagrecimento, Victória Mezêncio, para entender as razões por trás desse crescimento.

Segundo Victória, as intervenções não se limitam mais à simples transformação da aparência: estão profundamente ligadas ao bem-estar geral.

Ela ressalta que a chave para um resultado eficaz está na combinação do procedimento com a adoção de hábitos de vida mais saudáveis.

“Os procedimentos estéticos devem sempre estar combinados à adoção de hábitos de vida mais saudáveis, o que impacta diretamente na qualidade de vida da pessoa. Eu acredito que a estética é uma importante aliada da saúde individual, e cada vez mais as pessoas têm apresentado outros hábitos quando buscam os procedimentos. Elas querem valorizar o que têm de melhor em si, sem que isso necessariamente signifique ceder a grandes pressões estéticas“, explica.

E o interessante é que essa tendência não se limita a um único gênero. Victória revela que sua clientela é dividida quase igualmente entre homens e mulheres, com uma proporção de cerca de 50% para cada. Ambos os grupos relatam satisfação com os resultados.

A especialização de Victória está focada em procedimentos estéticos não invasivos, como: lipo sem corte, criolipólise, radiofrequência, detox, entre outros.

Esses tratamentos oferecem resultados rápidos e duradouros em um curto espaço de tempo, atendendo à demanda de pessoas que desejam melhorar sua aparência e bem-estar de maneira eficaz.

A conclusão é clara: os procedimentos estéticos não são apenas sobre mudanças externas, mas também sobre promover um estilo de vida mais saudável e feliz.

Aproveite para ler também:


Por Monique Gomes

Empreendedora digital, copywriter,
analista de SEO on-page, gestora de tráfego.
  • Afinal, o que é um Beekeeper?
    Com a direção de David Ayer, o filme Beekeeper: Rede de Vingança (2024/Prime Video) entrega a Jason Statham um papel que é ao mesmo tempo novo e familiar. A jornada de Adam Clay (Jason Statham) tem início como um pacato apicultor na fazenda de Eloise. Contudo, a vida tranquila é abalada quando um grupo rouba… Leia »Afinal, o que é um Beekeeper?
  • The Bye Bye Man é real ou ficção?
    O filme de terror The Bye Bye Man (2017/MAX) traz um gancho assustador e intrigante. Há quem diga que o homem assustador existiu de verdade, mas será? Baseado em um capítulo de “O Vampiro do Presidente”, do autor Robert Damon Schneck, o filme mergulha em uma das várias lendas urbanas investigadas pelo escritor. A entidade… Leia »The Bye Bye Man é real ou ficção?
  • The 8 Show: todos ganham o prêmio em dinheiro?
    Imagine um jogo onde quanto mais alto você está, mais dinheiro você ganha? – literalmente. The 8 Show (2024/Netflix) mergulha fundo na psique humana, além de oferecer uma experiência de entretenimento intrigante. A série Netflix é um reality show fictício bem semelhante a Round 6. Oito jogadores que estão endividados por causa de problemas financeiros.… Leia »The 8 Show: todos ganham o prêmio em dinheiro?