Pular para o conteúdo

Você sabe a diferença entre solidão e solitude?

Diariamente, todos passamos um tempo sozinhos, ouvindo apenas a voz que vem da nossa cabeça… faz parte da vida…

Mas quando isso se torna solidão? E qual a diferença entre solidão e solitude?

Neste post, vamos mostrar cada uma à sua maneira, apontar alguns caminhos e sugerir novos materiais sobre o tema.

Qual a diferença entre solidão e solitude?

Você vai entender melhor a distinção entre ambas depois de ler o conceito aproximado.

O que é solidão?

A solidão é um sentimento, emoção ou percepção de uma falta de conexão ou pertencimento, ao mesmo tempo em que existe o desejo de ter mais contato com os outros do que realmente se tem.

É como olhar para um buraco. É a sensação de ausência. A solidão, seja por tristeza, depressão ou outras circunstâncias da vida, pode resultar em isolamento social — o que não é bom.

O que é solitude?

Em total contraste, a solitude é o estado objetivo de estar fisicamente sozinho, que geralmente é acompanhado pela experiência subjetiva de desfrutar da própria companhia.

É retirar-se para dentro de si mesmo e ter grande prazer na própria companhia. Quando estamos envolvidos com a solitude, entramos em comunhão com o nosso eu.

Podemos pensar livremente e ser tão honestos quanto quisermos.

Somente quando estamos afastados de todas as outras distrações e de outras pessoas é que temos espaço para meditar sobre a vida e descobrir grandes coisas.

O que fazer na solitude?

Os benefícios incluem:

  • conhecer-se melhor;
  • praticar autocuidado;
  • aumentar a produtividade ou criatividade;
  • buscar soluções para problemas imediatos ou contínuos;
  • formular um plano de vida ou escolher uma direção;
  • desenvolver maior autoconfiança;
  • ganhar clareza interior;

Por incrível que pareça, a solitude também pode criar sentimentos de solidão, tédio e outras emoções desagradáveis.

O que fazer na solidão?

Quando a solidão não é desejada ou então é resultado de isolamento devido à insatisfação com as relações que se tem com os outros, isso pode ser um problema.

O filósofo alemão Arthur Schopenhauer às vezes é chamado de filósofo pessimista, principalmente porque argumentou que “a vida oscila como um pêndulo entre a dor e o tédio”.

Ele acreditava que a fonte de todo sofrimento vem do nosso desejo incessante e implacável. Estar sozinho, então, é como desejar um desejo ausente.

Você sabe praticar a solitude?

diferença entre solidão e solitude: mulher sozinha e plena.

Encontrar um equilíbrio adequado entre solidão e solitude pode ser uma tarefa complicada, mas é possível.

Uma maneira confiável de distinguir uma coisa da outra é fazendo uma autoanálise profunda. Algumas pessoas têm a capacidade de fazer isso sozinhas, através da reflexão e introspecção.

No entanto, outras precisam da ajuda de amigos, familiares ou de um terapeuta para iluminar suas emoções e pensamentos mais íntimos.

É somente através dessa introspecção e conversa com outros que podemos realmente entender a máquina tão complexa que é nossa mente.

Sabendo disso, aqui estão 3 dicas simples para você colocar em prática.

1. Descubra se o sentimento é real

Sentir-se estranho nem sempre é o mesmo que ser um. Então, o primeiro passo é analisar suas emoções e respostas quando você está na companhia de pessoas diferentes.

Quando você se sente solitário com mais frequência? Com quem ou em que circunstâncias isso costuma acontecer?

2. Melhore a autoconfiança

Você sabe praticar a solitude?
“Você é incrível, bebê!”

Se você se sente inadequado com frequência, isso se deve a problemas de autoestima. Se acredita que é um fracasso em comparação aos outros, tem tudo a ver com falta de confiança.

Por esses motivos, estabeleça uma meta para melhorar sua autoestima e pratique uma conversa interna positiva para ativar sua autoconfiança todos os dias.

Por exemplo, use frases como:

  • eu sou um ser humano único;
  • estou confiante com o caminho que estou trilhando;
  • eu me aceito totalmente: reconheço que minhas falhas fazem parte de mim e me tornam quem eu sou.

3. Não permita ser maltratado

Muitas vezes tentamos nos encaixar em coisas nas quais não pertencemos.

As expectativas de outras pessoas e o medo de ficar sozinho enganosamente podem fazer você acreditar que isso não pode mudar. Não é verdade.

Resumindo, se você está se sentindo um estranho agora, lembre-se de que não está sozinho.

Você ficaria surpreso ao saber que mais pessoas do que você poderia imaginar também se sentem assim por um ou outro motivo.

Mesmo personalidades bem-sucedidas e confiantes se sentem como impostores. Portanto, faça um esforço para passar tempo com as pessoas certas e se sentir bem consigo mesmo.

A verdade mais importante que gostaria que você lembrasse é que ser leal a si mesmo é mais importante do que se misturar com os outros.

Sugestão de leitura

A gente mira no amor e acerta na solidão

Sugestão de leitura: A Gente Mira no Amor e Acerta na Solidão
[ver preço]

O livro “A gente mira no amor e acerta na solidão”, escrito por Edson Marques, aborda a temática da solidão na contemporaneidade, especialmente relacionada à dificuldade de estabelecer relações afetivas profundas e duradouras.

A ideia central é que muitas vezes as pessoas buscam o amor como forma de preencher um vazio interno, mas acabam se frustrando e se sentindo ainda mais sozinhas quando a relação não funciona ou acaba.

O autor propõe uma reflexão sobre a importância de cultivar a própria autoestima e independência emocional, para que seja possível estabelecer relações mais saudáveis e satisfatórias.

Vídeo: Karnal fala de solidão e solitude

Gostou de saber a diferença entre solidão e solitude? Percebe como uma é vazia e triste, enquanto outra é um estado de plenitude? Compartilhe com seus amigos!


Por Monique Gomes

Empreendedora digital, copywriter,
analista de SEO on-page, gestora de tráfego.
  • Afinal, o que é um Beekeeper?
    Com a direção de David Ayer, o filme Beekeeper: Rede de Vingança (2024/Prime Video) entrega a Jason Statham um papel que é ao mesmo tempo novo e familiar. A jornada de Adam Clay (Jason Statham) tem início como um pacato apicultor na fazenda de Eloise. Contudo, a vida tranquila é abalada quando um grupo rouba… Leia »Afinal, o que é um Beekeeper?
  • The Bye Bye Man é real ou ficção?
    O filme de terror The Bye Bye Man (2017/MAX) traz um gancho assustador e intrigante. Há quem diga que o homem assustador existiu de verdade, mas será? Baseado em um capítulo de “O Vampiro do Presidente”, do autor Robert Damon Schneck, o filme mergulha em uma das várias lendas urbanas investigadas pelo escritor. A entidade… Leia »The Bye Bye Man é real ou ficção?
  • The 8 Show: todos ganham o prêmio em dinheiro?
    Imagine um jogo onde quanto mais alto você está, mais dinheiro você ganha? – literalmente. The 8 Show (2024/Netflix) mergulha fundo na psique humana, além de oferecer uma experiência de entretenimento intrigante. A série Netflix é um reality show fictício bem semelhante a Round 6. Oito jogadores que estão endividados por causa de problemas financeiros.… Leia »The 8 Show: todos ganham o prêmio em dinheiro?