27 boxes de livros para presentear, ler, se apaixonar e colecionar

Certa vez escrevi um post no meu blog: “7 Dicas para você se tornar um leitor assíduo“. Uma das sugestões que eu dei foi: “Não torça o nariz para os livros digitais”. Até porque eles trazem dezenas de benefícios, como: praticidade, transporte e acessibilidade. Na verdade, os benefícios vão muito além disso, porque dá pra consultar o significado das palavras com um clique e eu acho isso fantástico.

Entretanto, alguns livros e séries, em especial, fazem por merecer serem tocados e expostos em nossa biblioteca pessoal quem é fã sabe do que eu tô falando. Algumas editoras são responsáveis por despertar esse desejo, uma vez que capricham demais na qualidade do papel, na ilustração, no design e impressão dos livros, deixando o menor dos leitores babando por eles.

A seguir, confira esta lista com 27 boxes para você ler, presentear alguém ou colecionar.

1. Box As obras revolucionárias de George Orwell

Conheça a genialidade de Orwell em 1984, A revolução dos Bichos, Dentro da Baleia e outros ensaios. A revolução dos bichos é um de seus romances mais conhecidos e uma sátira política poderosa sobre revolução, poder e corrupção que permanece tão relevante hoje quanto há 70 anos.

Metaforizando a corrida até a Revolução Russa de 1917, a história se passa na fazenda do Sr. Jones, cujo abuso negligente leva os animais a tramarem uma rebelião para derrubá-lo — um golpe bem-sucedido que se desdobra como desejo mas que acaba corrompendo novos líderes animais da fazenda.

A obra foi traduzida para mais de 70 idiomas e vendeu milhões de cópias em todo o mundo.

2. Box 1 Agatha Christie 

Este box contempla os livros: Morte no Nilo, Um corpo na biblioteca e Assassinato no Expresso do Oriente. O nome “Agatha Christie” é quase sinônimo de mistério britânico da classe alta, por um bom motivo.

Christie (1890-1976) estabeleceu o padrão para o gênero em mais de 60 romances e dezenas de contos, criando dois detetives icônicos ao longo do caminho: o exigente belga Hercule Poirot e Jane Marple na Série Miss Marple. Ninguém poderia igualar seu talento para encontrar pistas em suas histórias.

3. As extraordinárias viagens de Júlio Verne

Júlio Verne (1828 – 1905) escreveu alguns dos romances de aventura mais famosos da literatura, incluindo obras como Viagem ao Centro da TerraVinte Mil Léguas Submarinas e A Volta ao Mundo em 80 Dias.

Parte da tecnologia que Verne imaginou em sua ficção mais tarde se tornou realidade. Uma das máquinas que sonhou, Nautilus — o submarino elétrico em Vinte Mil Léguas Submarinasganhou vida anos depois.

A primeira parcela da série foi publicada em 1869, e os primeiros submarinos movidos a bateria foram lançados na década de 1880 — projetos de submarinos semelhantes ainda estão em uso hoje.

Verne escreveu sobre arranha-céus, elevadores, carros com motores de combustão interna, trens, luzes elétricas da cidade, calculadoras mecânicas que podiam se comunicar entre si e muitas outras inovações que viriam.

4. Box – A ficção científica de H. G. Wells

Este box reúne três das maiores obras de Herbert George Wells: A Guerra dos Mundos, O Homem Invisível e A Máquina do Tempo. O primeiro grande romance a imaginar uma viagem no tempo ( A Máquina do Tempo, de 1895) segue seu narrador cientista em uma jornada incrível que o leva aos últimos momentos da Terra.

O cientista que descobre como se transformar em O homem invisível (1897) também descobrirá, tarde demais, que se separou da sociedade e de sua própria sanidade. A guerra dos Mundos (1898) é uma obra-prima sobre a invasão alienígena adaptada por Orson Welles para seu notório programa de rádio de 1938.

Aqui estão três romances clássicos de ficção científica que, mais de um século após sua publicação original, não mostram sinais de perder o controle da imaginação dos leitores.

5. Box Clássicos Góticos 

Esse clássico da literatura gótica inclui os livros: Drácula de Bram Stoker, Frankenstein de Mary Shelley, O Retrato de Dorian Gray de Oscar Wilde e O Fantasma da Ópera de Gaston Leroux.

Casas assombradas, romances sombrios, corredores do pânico, vegetação varrida pelo vento… aqui tem tudo o que você poderia querer em um conto de terror.

Iniciada na Europa no século 18, a literatura gótica surgiu do movimento literário romântico. É um gênero que dá grande ênfase à emoção intensa, combinando terror com prazer, morte com romance. O gótico é caracterizado por sua paisagem pitoresca e sombria e suas histórias misteriosas do macabro.

6. Box H. P. Lovecraft: os melhores contos

O que torna Lovecraft tão especial é que a maioria de seus trabalhos giram em torno da psique humana frágil como o vidro, e geralmente em pessoas sendo empurradas sobre os precipícios da realidade em um reino menos acolhedor que o nosso. Ao mesmo tempo, descreve a insanidade quase como uma sensação de desejo, transmitindo sentimentos de desespero e conforto.

Em seus mitos, o universo é povoado por antigas criaturas espaciais nos quais alguns cultuam como deuses que olham para a humanidade com indiferença e crueldade. Os mocinhos raramente ganham e não há um deus cristão para protegê-los. Na verdade, eles apresentam uma desesperança esmagadora e um sentimento de insignificância impotente.

7. Box Marvel Guerra Civil: Guerras secretas 

Guerras Secretas é emocionante, divertido e imensamente criativo do começo ao fim. Ele pega todo o acúmulo de dezenas de quadrinhos anteriores e os joga em um evento que é simplesmente impressionante. Os pontos positivos vão desde a criação de um mundo imaginativo no início da coleção, às batalhas épicas perto do meio da história e, finalmente, ao conflito final do volume.

8. Box Zygmunt Bauman

Os escritos brilhantes de Zygmunt Bauman sobre a modernidade, o amor e o medo líquido definitivamente mudaram a maneira como pensamos sobre o mundo contemporâneo. A passagem da modernidade “sólida” para a “líquida” criou um ambiente novo e sem precedentes que confronta as pessoas com uma série de desafios nunca antes encontrados.

A vida fragmentada exige que todos sejam flexíveis e adaptáveis, estejam constantemente prontos e dispostos a mudar de estratégia a curto prazo, abandonar compromissos e lealdades sem arrependimento e buscar oportunidades de acordo com sua disponibilidade atual.
Na modernidade líquida, o indivíduo deve agir, planejar ações e calcular os ganhos e perdas prováveis ​​de agir (ou deixar de agir) sob condições de incerteza endêmica.

9. Box Terríveis Mestres (3 livros + pôster + suplemento)

Pela primeira vez, um box que reúne três mestres da literatura: Edgar Allan Poe, HP Lovecraft e Arthur Conan Doyle. O material reúne um compilado de histórias essenciais para quem gosta do sobrenatural.

10. Box – Trilogia Da Fundação + 3 Marcadores Exclusivos

Situado em um futuro distante o suficiente para que a humanidade tenha esquecido seu planeta de origem, a Fundação cobre o período inicial da queda do enorme Império Galáctico em ruínas. O primeiro dos cinco contos interligados detalha as manobras políticas do psicólogo e matemático Hari Seldon, que desenvolveu uma ciência chamada “psico-história”.

É uma combinação de sociologia, estatística e psicologia que prevê o futuro de grandes grupos de pessoas. Seldon previu estatisticamente o colapso iminente do Império e um período de trinta mil anos de sofrimento e barbárie antes que um Segundo Império ressurgisse das cinzas. O restante dos contos representa os primeiros cerca de duzentos anos das previsões de Seldon.

11. Box Fundação: declínio e ascensão

Quase trinta anos depois da Trilogia da Fundação ser publicada, o autor escreveu mais quatro livros para ampliar a saga intergaláctica. A obra descreve os 500 anos que se seguiram com o surgimento da Fundação. Mostra ainda a essência de Hari Sheldon, o nascimento da psico-história e as probabilidades de queda/ascensão do Império Galáctico.

12. Box Teatro Completo de Ariano Suassuna

O box, novidade trazida pela editora Nova Fronteira, reúne quatro volumes com as melhores comédias e tragédias de todas as peças teatrais de Ariano Suassuna. Contém textos inéditos, alguns nunca encenados, peças editadas e outras completamente reescritas pelo autor.

13. Box Essencial do Feminismo + ecobag

O box contempla quatro livros: A mística feminina, clássico de Betty Friedan, O mito da beleza, de Naomi Wolf,  O feminismo é para todo mundo de Bell Hooks e Feminismo em comum, de Marcia Tiburi. É uma boa introdução para quem quer navegar nesse universo e entender o que querem as mulheres.

14. Grandes Obras De Dostoiévski

A melhor maneira de conhecer Dostoievski é lendo Crime e Castigo ( A minha Alexa pronuncia Craime e Castigo… ). Um dos livros mais conhecidos do autor, além de leitura obrigatória para todas as crianças russas na escola, este é realmente um clássico. A história de um homem pobre que comete um crime para sobreviver, mas depois enfrenta uma luta maior que a pobreza: a culpa extrema.

Ao longo do caminho, o leitor encontra algumas das criaturas mais baixas e lamentáveis ​​que habitam as ruas de São Petersburgo. Conforme definido pelo próprio Dostoievski, o romance é uma obra psicológica e o autor fica ao lado dos personagens em vez de controlá-los. Os Irmãos Karamazov e Notas do Subsolo também fazem parte do box.

15. Crônicas de gelo e fogo, de George RR Martin

Antes da premiada série da HBO Game of Thrones, nasceram As Crônicas de Gelo e Fogo. O conto de fantasia épica de George RR Martin se passa nos continentes fictícios de Westeros e Essos, e gira em torno de três enredos centrais: conflitos familiares pelo controle de Westeros, a ameaça crescente dos “Outros” baseados no norte e, claro, as grandes ambições políticas de Daenerys Targaryen — talvez mais conhecida como a “Mãe dos Dragões”.

O box contém: “A guerra dos tronos”, “A fúria dos reis”, “A tormenta de espadas”, “O festim dos corvos” e “A dança dos dragões”.

16. Star Wars Edição épica

O tremendo sucesso da franquia Star Wars reflete e confirma seu significado cultural. As trilogias, tomadas em conjunto, expressam os princípios-chave americanos: rejeição do fascismo e do totalitarismo; a resiliência e o triunfo final dos oprimidos; a eficácia da crença religiosa (na Força); o potencial de cada indivíduo alcançar a grandeza; força na diversidade (de espécies, pelo menos); e, finalmente, o poder da fraternidade em conjunto com o direito pessoal à busca da felicidade e da propriedade.

17. Box Duna: Segunda Trilogia + Ecobag

Duna é uma mistura fascinante de sequências de batalha, cenas de fuga do deserto, transes proféticos e passeios de vermes da areia. Há um arco de herói sombrio, algum romance e personagens femininas fortes seguindo suas próprias histórias.

A obra é conhecida por ser extremamente complexa e pode ser um desafio terminar, principalmente quem não está acostumado com o gênero. Por isso, tenha o glossário dos livros como seu melhor amigo.

18. Box Edgar Allan Poe : Histórias extraordinárias

Os temas assustadores e o assunto sombrio deste box, somados com momentos intensos como assassinatos sangrentos e uma obsessão geral com a morte tornam essas histórias impróprias para a maioria das crianças e pré-adolescentes. As histórias incluem desmembramento, sangue, tortura, fome e o fascínio característico de Poe pela morte e paranoia.

19. Crônicas de Nárnia, de CS Lewis

Em Nárnia, o bem luta contra o mal, os animais falam e as pessoas podem se tornar mais e melhores do que jamais sonharam ser possível. O mundo é totalmente realizado, mas não há uma construção de mundo geek ou viciada em dispositivos. Existem momentos de risos, alegria e dor. Às vezes tudo fica um pouco assustador e a ameaça é palpável.

Se você é criança, pode se perder na simples facilidade da escrita. Se for adulto, verá também a sua elegância, o seu ritmo, a sua precisão. As pessoas costumam criticar os livros de Nárnia por cansa da espiritualidade. CS Lewis era um adulto convertido ao cristianismo e os motivos cristãos espalham-se por todos os sete livros, desde a ressurreição de Aslan no guardaroupa até o fim do mundo na última batalha.

20. Box O Imperador das Lâminas

Esta trilogia de estreia de Staveley envolve três crianças reais, separadas no nascimento, que crescem e se tornam um monge, um soldado e um político, respectivamente. Se isso soa como o começo de uma piada, eles não entram em um bar — em vez disso, se reúnem para chegar ao fundo de uma conspiração entre reinos, entrando em contato com deuses misteriosos e magias desconhecidas ao longo do percurso.

21. Box Torre Negra de Stephen King

Não é nenhum segredo que Stephen King é um escritor muito talentoso quando se trata de inventar personagens agradáveis ​​e memoráveis — e A Torre Negra tem facilmente alguns dos personagens mais interessantes.

Outro fator importante que contribui para a qualidade da obra é que, embora tenha sido inspirado em Senhor dos Anéis, também tem influência de um filme de faroeste dos anos 1960 de Sergio Leone, “O Bom, o Mau e o Feio”.

Os livros também se prestam a contos arturianos, com elementos como o Rei Arthur, assim como seus cavaleiros e homens na Távola Redonda (porém não são vistos, apenas referenciados), castelos medievais e atmosfera geral.

22. Box Cidade dos Ossos

Clary Fray é a pessoa mais mundana que poderia existir, ou assim ela pensava. Morando em um apartamento com sua mãe e preocupada apenas em entrar na escola de arte, ela nunca pensou que era parte de algo maior. Quando vai para o Clube Pandemônio em Nova York, dificilmente espera testemunhar um assassinato cometido por três adolescentes cobertos com tatuagens estranhas e carregando armas bizarras.

Os assassinos são Caçadores de Sombras: uma tribo secreta de guerreiros dedicada a matar demônios. O Mundo das Sombras consiste em todas as criaturas do tempo da história: Demônios, Feiticeiros, Vampiros, Serpentes e muito mais. Mas por que os demônios estariam interessados ​​em mundos comuns como os de Clary e sua mãe?

23. Box Percy Jackson e os Olimpianos, de Rick Riordan

Percy Jackson se tornou uma das séries de fantasia mais conhecidas nos últimos anos, e com razão. Entre crianças descobrindo que são parentes de deuses gregos ou tendo que fazer odisseias dos dias modernos para salvar a si mesmas (e também o mundo), o que há para não gostar? Mesmo se você já passou da infância, ainda vai aproveitar cada minuto das aventuras mitologicamente inspiradas de Percy e seus amigos.

24. Box Os Bridgertons + brindes

O material de origem para a série da Netflix de mesmo nome gira em torno do clássico romance falso. Durante a temporada de namoro na alta sociedade, a filha mais velha dos Bridgerton, Daphne, concorda em fingir um envolvimento com o misterioso Simon Basset, duque de Hastings.

Eles bolam um plano tanto para manter os olhos curiosos das mães intrometidas voltadas para o casamento longe do Duque, quanto para fazer de Daphne uma moça cobiçada pelos outros solteiros. O plano começa a se desfazer quando Daphne se apaixona por Simon de verdade.

25. Box Percy Jackson e os Olimpianos

O Ladrão de Raios é o primeiro livro da série Percy Jackson e os Olimpianos. Este livro, como suas continuações, tem trocadilhos espalhados por toda parte, e há muitos enredos simultâneos. Percy está vivenciando os últimos dias do ano letivo em um internato.

Em viagem de campo ao museu de arte, ele se envolve em um estranho incidente. Uma garota o provoca e se transforma em uma criatura desagradável da mitologia grega.

No último livro da série é possível perceber a importância do lar, da família —  não apenas a família de sangue, mas a família por escolha. Também há um sentimento de esperança no que diz respeito à mudanças positivas, sociedade e meio ambiente.

26. Box Trilogia O Senhor dos Anéis

Desde que foi publicado pela primeira vez em 1954, O Senhor dos Anéis é sucesso em vendas. Embebido em magia incomparável e sobrenatural, sua fantasia arrebatadora toca o coração de jovens e adultos.

A influência da obra é tão universal que todos, de George Lucas a Led Zeppelin, se apropriaram dele para um propósito ou outro. Não apenas revolucionário porque foi inovador, O Senhor dos Anéis é atemporal porque é o produto de uma mente verdadeiramente brilhante.

Tolkien foi um linguista distinto e estudioso de Oxford de línguas mortas com ideias fortes sobre a importância do mito e da história e uma profunda apreciação da natureza. Sua narrativa descreve ricamente a Terra-média e a jornada que a Sociedade empreende.

27. A trilogia do mago negro, de Trudi Canavan

A trilogia do Mago Negro conta a história de Sonea, uma garota das favelas do país mágico Kyralia. Embora normalmente apenas cidadãos de classe alta tenham capacidade para magia, ela logo descobre que possui dons mágicos.

Isso faz com que seja capturada pela Guilda dos Mágicos de Kyralia e, ao escapar, descobre a necessidade de aprender a controlar suas habilidades.

Gostou das opções de boxes de livros? Qual destes você já tem e quais pretende colecionar? Pra receber outras dicas, me segue lá no Instagram, curta a minha página no Facebook ou se inscreva no final desse post para receber as atualizações.

Aproveite para ler também:

10 livros para ler em menos de um dia

Como ler os livros de A Roda do Tempo em ordem

 

3 comentários sobre “27 boxes de livros para presentear, ler, se apaixonar e colecionar

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s