3 comédias divertidas que vão fazer você esquecer o coronavírus (ou não)

Que tal rir um pouquinho pra fugir da realidade tão cruel que estamos passando?

Se liga aí nessa lista de comédias fresquinhas que eu separei para você se distrair.

(Dá uma olhada na classificação etária antes de chamar as crianças pra assistir, viu?)

 

1. Te Quiero, Imbécil (2020)

Disponível na Netflix (16 anos)

Marcos (Quim Gutiérrez) perde a noiva e o emprego no mesmo dia. Um programa de autoajuda na TV o motiva a fazer algumas mudanças, como: frequentar academia, mudar a alimentação etc. Nesse meio tempo, ele topa com uma amiga da escola que não via há 20 anos (Natalia Tena).

Parece previsível, né? É uma comédia romântica espanhola que se concentra no essencial: fazer rir. Entretanto, traz alguns questionamentos muito bacanas também.

Como é ser homem no século 21? Existe um padrão? É preciso se vestir como hipster e se adequar a outros modelos pra se dar bem na vida e no amor?

O mais legal é a quebra da quarta parede: quando o protagonista olha pra gente sempre que deseja compartilhar ideias ou frustrações.

Te quiero, Imbécil foi escrito por Abraham Sastre e Iván Bouso, com direção de Laura Mañá.

2. A Missy Errada (2020)

Disponível na Netflix (16 anos)

Tim (Spade) conhece uma moça num aplicativo de namoro, mas o encontro é desastroso. Melissa, ou Missy (Lauren Lapkus) é escandalosa, mergulha o cabelo no vinho antes de bebê-lo e carrega uma faca na bolsa chamada Sheila.

No aeroporto, ele conhece outra moça chamada Missy, ambos descobrem que têm muitas afinidades e trocam o número de telefone.

Na tentativa de conquistá-la, a convida por mensagem de texto para passar um fim de semana no Havaí, em um retiro da empresa. Tim só percebe que chamou a Missy errada quando a primeira Missy entra no avião. A partir daí, o relacionamento se torna um verdadeiro carro desgovernado.

O filme foi produzido por Adam Sandler.

3. Jexi – Um Celular Sem Filtro (2019)

Disponível no Amazon Prime Vídeo (16 anos)

Phil (Adam Devine) é um rapaz que desde criança foi incentivado a usar a tecnologia para se distrair dos problemas. Como resultado, se tornou um adulto com pouco traquejo social, sem amigos nem relacionamentos amorosos.

Quando o idolatrado celular quebra, ele é obrigado a comprar outro. O novo aparelho tem um moderno sistema de Inteligência Virtual chamado Jexi.

Depois de anunciar que está disponível para melhorar a vida dele, Jexi o chama de idiota por aceitar os termos e condições do serviço sem ler e diz: “Tenho vergonha de ser o seu telefone…”.

A falta de química no romance de Phil e Kate (Alexandra Shipp) me incomodou um pouco, mas assistir Phil sendo massacrado por Jexi a todo momento é uma diversão garantida que, com certeza, vale o filme. Dei boas gargalhadas.

 

Bônus: sugestões do leitor

 

2 comentários sobre “3 comédias divertidas que vão fazer você esquecer o coronavírus (ou não)

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s