Leia isto se a sua marca não tem uma identidade visual bacana

O que você tem feito para se destacar dos concorrentes além do tradicional feijão com arroz? E se eu te disser que uma das coisas mais básicas de uma estratégia de marketing é ter uma identidade visual bacana?

Neste post, vou falar sobre esse recurso, por que ele é importante, motivos para abraçar a ideia e dicas de como colocar em prática. Continue a leitura.

O que é identidade visual da marca?

É um conjunto de todos os elementos criados para transmitir a mensagem certa para o consumidor: cores, logotipo, tipografia e outros. Esses símbolos comunicam a essência da personalidade da marca.

Para ser bem-sucedido não basta desenhar um projeto legal, mas fazer com que as pessoas tenham a percepção que você quer que elas tenham.

Isso envolve a ilustração da identidade visual desde a fachada da loja física a materiais impressos, uniformes, blog/site, redes sociais etc.

Motivos para ter uma identidade visual de marca poderosa

A seguir, confira as razões:

Consistência

No momento em que alguém vê a sua marca, instantaneamente se lembra de quem ela é e o que representa. Quanto mais consistência, mais facilmente a empresa é reconhecida.

Diferenciação

Os empreendedores estão sempre procurando maneiras de se diferenciar e é exatamente isso que a identidade de marca faz.

Conscientização

As pessoas gostam de se relacionar com marcas “boas”. Portanto, é mais provável que os clientes recomendem seu produto ou serviço se tiverem um sentimento positivo.

Lealdade

Uma marca forte que transmite valores cria uma conexão emocional. Isso atrai clientes para o seu negócio e facilita o desenvolvimento de um relacionamento de longo prazo, resultando em lealdade, confiança, fidelidade.

3 Dicas simples para ter uma identidade visual de marca

1. Crie o logotipo adequado

O logotipo é um dos primeiros elementos visuais que as pessoas associam à marca. Por isso, é importante que seja bem projetado, relevante, simples e memorável.

Muitas artes não têm presença, será que é o seu caso? Se você não tem experiência em design, peça ajuda ou a opinião de um profissional.

2. Escolha uma paleta de cores sólida

Se observar as marcas mais conhecidas, vai perceber que usam cores consistentes (quem não pensa em “vermelho” quando lembra de Coca Cola?). Para saber mais, leia este artigo sobre a psicologia das cores.

3. Selecione a tipografia ideal

Além da paleta de cores, é preciso estar atento à fonte que será utilizada. Não escolha apenas pela beleza, evite modelos que causam falsas interpretações e faça testes de impressão.

Percebeu que, se você ainda não desenvolveu completamente a identidade de marca, pode não estar evocando as emoções que deseja?

Lembre-se de que as ações de marketing têm uma enorme influência na tomada de decisão do consumidor. Isso inclui tudo, desde pequenos detalhes como cores, símbolos e outros elementos. Pense nisso!

 

* Monique Gomes é jornalista certificada em marketing de conteúdo. Presta serviços para a Rock Content, maior agência de marketing da América Latina, mas também faz trabalhos independentes como analista de mídias sociais/freelancer. Quer bater um papo sobre Social Media Marketing? Entre em contato.

 

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s