[Humor] Você conhece o point mais badalado de Ubajara?

Na minha adolescência o point mais badalado de Ubajara era o calçadão da Casa Loreto. A gente ia para lá rever os amigos, fazer novas amizades, jogar conversa fora. Hoje muita coisa mudou – o que é perfeitamente natural.

Agora, um dos espaços que se tornou o mais popular de todos para quem deseja conhecer pessoas, fazer networking e treinar a prática do altruísmo é a agência do Banco do Brasil. Lugar melhor não existe. O processo começa logo na entrada, com o desatendimento dos caixas eletrônicos.

Se você ainda não conhece as peculiaridades de cada máquina, vai passar por todas até descobrir qual é a que faz depósito; a que diz que faz saque, mas não faz; a que trava quando você tecla determinados números; a que realmente funciona.

Durante todo esse tempo, sempre tem alguém que divide a própria experiência: “essa aí não imprime comprovante não, moça” ou “essa aí não saca”.

Algumas horas depois você já é um expert: conhece cada máquina como se ela fosse sua irmãzinha mais nova. Inclusive uma delas sofre de pneumonia, porque em vez de entregar o dinheiro do saque ela só tosse, tosse, tosse… coitada!

Quando você se dá conta, está em outra fila ajudando um desconhecido que começou a fazer uma operação que você sabe que não vai dar certo: “Ei, essa máquina não aceita depósito”. É o início de um diálogo que perdura. De repente, a conversa evolui para temas como família, futebol, tecnologia.

As plaquinhas que indicam os serviços estão lá, em cada uma delas. Certamente, isso tudo isso faz parte de uma estratégia para fazer com que as pessoas se libertem um pouco mais da dependência de seus smartphones e passem a conversar presencialmente, como autênticos seres humanos.

Além de rever amigos e fazer novos, o atendimento nos caixas eletrônicos funciona como uma espécie de prática altruísta, como você pode perceber. Nem mesmo nas inúmeras igrejas espalhadas por esse Brasil de meu Deus é possível presenciar tantos momentos de solidariedade!

A parte interna do banco é uma área exclusiva de purificação espiritual. Também é o momento da prova mais difícil: o teste que vai medir o seu nível de paciência.

Mas, de repente, você percebe que a missão do único atendente também é árdua, pois ele está sozinho, tentando vencer a última batalha de Jogos Vorazes. Além de dar conta de uma multidão de almas purificadas, ele tem que resolver todos os pepinos ao mesmo tempo e ainda se desculpar pela empresa.

Lá dentro também é permitido fazer amizades. Com um pouco de sorte é possível conseguir um lugar para sentar. E você fica lá… fica lá… fica lá… durantes horas, manhãs e tardes à deriva. Sem água potável, cafezinho ou direito a um xixi.

Para e pensa: “se soubesse teria trazido um kit manicure para arrumar as minhas unhas. Não! Melhor: o livro Textos & Crônicas – 22 anos de Ceará, do amigo e xará de sobrenome Luis Antônio Gomes. Poxa vida, deveria ter colocado na bolsa”.

Então você resolve abrir a página off-line do Google para jogar o game secreto do dinossauro. Depois de acumular muitos pontos e morrer inúmeras vezes naqueles cactos malditos até descarregar totalmente a bateria, melhor mesmo é conversar com a desconhecida do lado que, em algumas horas, já virou sua melhor amiga.

Anúncios

Um comentário sobre “[Humor] Você conhece o point mais badalado de Ubajara?

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s