Grupo discute ações para minimizar o sofrimento dos animais abandonados

O grupo de protetores dos animais de rua de Ubajara se reuniu na noite de 24 de fevereiro, no espaço do Caetê, Café e Galeria. O encontro teve como principal objetivo definir as ações de curto, médio e longo prazo que serão colocadas em prática com a participação de voluntários e ajuda da sociedade.

Bazar Solidário

A primeira atividade é uma campanha para arrecadar objetos usados: roupas, brinquedos, utensílios domésticos, entre outros. A ideia é realizar um bazar para levantar recursos para custear despesas com alimentação e medicamentos. Quem tiver interesse em ajudar os animais abandonados, pode doar um produto usado hoje mesmo, desde que ele esteja em boas condições. Os pontos de entrega são: Unicampo – Av. dos Constituintes, 161. Centro ; Pet Shop Peluschi – Rodoviária.

Feira de livros infantis

Paralelamente, será realizada uma feira para a venda de livros infantis. A data será agendada após o feriado de carnaval. “Temos conhecimento de muitas ONG´s que estão trabalhando incansavelmente para quitar dívidas com clínicas. Precisamos evitar esse tipo de situação e agir com bom senso”, afirmou uma das integrantes.

Comedouros e bebedouros 

Outra ação que está sendo estudada é a instalação de, pelo menos, três comedouros e bebedouros em locais estratégicos. Serão pontos discretos, sem grande fluxo de pessoas. A finalidade é diminuir a fome e o sofrimento dos animais que reviram os lixos das ruas por que não têm outra alternativa para buscarem alimento. É uma intervenção paliativa enquanto não existe um abrigo próprio.

Castração

O grupo está estudando ainda a possibilidade de um outro tipo de castração para controlar a população de cães, a castração química. Segundo nota publicada no site Dr. Pet, especialista em veterinária, esse tipo de procedimento é ambulatorial: leva menos de dois minutos e não há necessidade dos cuidados especiais típicos de pós-operatório. Além disso, o custo é 70% menor que a cirurgia tradicional.

Essa ideia foi discutida em outro encontro com o grupo de protetores da cidade de São Benedito. É comum a todos a preocupação com a qualidade de vida dos animais de rua e outros que, apesar de possuírem dono, estão sofrendo maus tratos.

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s