Saiba por que o seu perfil no Facebook não substitui um site

Sim, eu sei que é estranho falar isso nos dias atuais, mas a verdade é que com a popularização das redes sociais, em especial o Facebook, muitas pessoas, entre elas figuras públicas ou proprietárias de empresas que necessitam de um site ou blog atualizado, estão fascinadas pela facilidade de postar uma informação no próprio perfil pessoal e, em consequência disso, têm a falsa impressão de que estão se promovendo. Não é bem assim. O conteúdo que você produz precisa ser um bem durável, e não descartável.

O Facebook é um aliado do marketing digital, mas não é a vedete principal, não. A ferramenta que é capaz de dar longevidade à informação ainda é o velho e bom site – ou blog (a diferença entre o site e o blog é basicamente o objetivo. O site é a vitrine da empresa, enquanto o blog é utilizado para criar relacionamentos – aqui o conteúdo é enviado para os leads através de newsletters ou e-mail marketing).

O site/blog atua como um banco de dados que não tem prazo de validade: as informações ficam sempre disponíveis para futuras buscas. É o ‘highlander’ do conteúdo, o guerreiro imortal. O Facebook é imediatista, não oferece longevidade às informações. Já observou a velocidade com que as postagens vão surgindo no feed de notícias? É tudo muito rápido. Sem falar que é impossível localizar uma informação no meio daquela confusão, enquanto no site/blog tudo fica bem organizado e fácil de encontrar.

Não estou querendo dizer que você deve descartar o Facebook, mas faça uso consciente das redes sociais, sem menosprezar a importância do site/blog.

Repense suas estratégias de marketing hoje mesmo. Mantenha um site/blog bacana e atualizado. Comece uma lista de e-mails, caso ainda não tenha uma. O e-mail ainda é a melhor ferramenta para entrega de conteúdo. Não subestime o poder de um e-mail.

Use a FanPage no facebook para conquistar o maior número de curtidas, pois elas são na verdade assinaturas de pessoas que estão aceitando visualizar as suas postagens – ao contrário do finado Orkut, que virou uma prática de spam descontrolável.

Estude as suas personas, o público que você pretende comunicar. Não fique postando apenas conteúdo publicitário, ou fotos dos aniversariantes do mês da empresa. Quem usa o facebook está querendo informação e entretenimento. Não seja narcisista. Produza conteúdo relevante, original e criativo para essas pessoas. Feito isso, você vai criar empatia, gerar engajamento, e esses são os primeiros passos para o sucesso.

Monique Gomes é jornalista freelancer, blogueira, certificada em Marketing de Conteúdo pela Rock Content, Co-fundadora do Projeto TM Fácil.

Digite seu endereço de email para acompanhar esse blog e receber notificações de novos posts por email.

Anúncios

Um comentário sobre “Saiba por que o seu perfil no Facebook não substitui um site

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s