Vai te lascar, Saussurre!

saussure

CARTA ABERTA AOS MEUS COLEGAS DO CURSO DE LETRAS PELA UFPB E A TODOS OS ESTUDANTES SOFREDORES DE LINGÜÍSTICA

Se, assim como eu, você já xingou linguistas famosos como Ferdinand de Saussure, Noam Chomsky, entre outros… Se você já se perguntou se o melhor lugar para essa espécie de seres humanos deveria ser dentro de uma camisa de força… Saiba que:

SIM, É POSSÍVEL GOSTAR DE LINGUÍSTICA.

Quando sofri o primeiro impacto com essa disciplina, tinha a nítida sensação de estar tomando à força um remédio muito amargo, porque logo de cara tivemos que estudar os conceitos de diversos linguistas, cada um com a sua teoria extraordinária. Não conseguia digerir bem as informações e tudo parecia muito confuso – para não dizer chato.

LINGUÍSTICA: AME-A OU DEIXE-A.

Seguindo o preceito de que ‘se não pode com o inimigo, junte-se a ele’, comecei a pesquisar e li bastante sobre o assunto. Percebi que mesmo parecendo um bicho de sete cabeças, e realmente é, a Linguística é uma ciência muito interessante, pois desde que o mundo é mundo o homem sempre esteve a procura de respostas para explicar a linguagem, uma vez que ela se expressa através da arte, da literatura, da religião e em todo o universo social. Acredito que as Universidades estão cometendo o erro de introduzir essa disciplina assim, como um tiro à queima-roupa, ao invés de apresentá-la de uma maneira mais atraente.

FILOSOFIA SEMPRE.

Quem quer aprender a gostar de Linguística tem que namorar a filosofia, pois foram os primeiros pensadores gregos, ou filósofos da natureza, que introduziram questionamentos acerca da linguagem. Foram eles os principais responsáveis pela revolução de um novo jeito de pensar. Questionaram os mitos e a fé cega, quebraram dogmas e provocaram o nascimento da ciência.
Grande parte do que conhecemos hoje graças a equipamentos de ponta, inclusive o átomo, já era percebido por eles, só através de ideias, pensamentos e empirismo. Esses caras viveram numa época sem ciência alguma e tecnologia zero. Não havia telescópio, computador, nenhum tipo de parafernália. Nem caneta existia. Nada. Só a mente pensante deles e só.

SUGESTÃO PARA QUEM QUER GOSTAR DE LINGUÍSTICA:

Namore a Filosofia. Leia o livro ‘Convite à Filosofia’, de Marilena Chauí (dá pra encontrar o pdf na internet). O danado tem mais de 500 páginas, mas o conteúdo específico que vai te ajudar a digerir a linguística está no Capítulo V, pág. 172. A autora aborda a importância da linguagem e a força que ela exerce, tomando como exemplo os mitos e as religiões.

“Não é a fome ou a sede, mas o amor ou o ódio, a piedade, a cólera, que aos primeiros homens lhes arrancaram as primeiras vozes… Eis por que as primeiras línguas foram cantantes e apaixonadas antes de serem simples e metódicas” – Citação de Rousseau.

Se algum lingüista se ofendeu com o título desse post, peço perdão. Quem dera fosse o meu QI, mas é meu senso de humor que é acima da média…

Anúncios

2 comentários sobre “Vai te lascar, Saussurre!

  1. Monique, gostaria de ser franca assim como você. Adoro seu jeito, inteligente espontanea e ainda nos dá aquela alerta na qual precisamos de vez em em quando. Amei as dicas que vc mensionou em relação a linguistica, acho todos nós da UFPB sentimos isso, mas como vc diz não podemos nos livrar é melhor aprender a conviver com ela já que faz parte do nosso currículo, assim como também do nosso dia a dia!
    Abraços!!

    Curtir

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s