Pular para o conteúdo

127 Horas: a história real do alpinista que cortou o braço para sobreviver

Você já imaginou estar em uma situação extremamente difícil e ter que tomar uma decisão drástica, mas que, ao mesmo tempo, poderia salvar a sua vida?

A história de Aron Ralston, contada no filme 127 Horas (2010/Star Plus), é uma verdadeira prova de coragem e determinação.

>>> Continue a leitura para saber:

  • O que acontece no filme 127 Horas?
  • A história real de sobrevivência de Aron Ralston
  • Como Aaron Ralston cortou o braço?
  • Como Aaron Ralston conseguiu sobreviver?
  • Explore a extraordinária narrativa de sobrevivência em 127 Horas

O que acontece no filme 127 Horas?

Estrelado por James Franco como Ralston, 127 Horas fez com que vários espectadores desmaiassem no cinema ao ver o personagem amputando o próprio braço como única opção de sobrevivência. Algumas pessoas ficaram ainda mais horrorizadas quando perceberam que o filme é uma história verdadeira.

A história real de sobrevivência de Aron Ralston

Fotografia de Aron Ralston da vida real sorrindo para a câmera no Blue John Canyon.
Aron Ralston no Blue John Canyon.

Tudo começou quando Aron Ralston, um experiente alpinista, decidiu fazer uma trilha solitária pelo Blue John Canyon. Infelizmente, não contou a ninguém sobre seus planos e partiu sem deixar rastros.

No dia fatídico, ele sofreu uma queda e o antebraço ficou preso entre as rochas. Estava completamente sozinho, com pouca água e comida. Tentou de todas as formas mover a rocha que prendia o braço, mas rapidamente percebeu que suas forças estavam se esgotando.

Com os suprimentos acabando e a esperança diminuindo, tomou uma decisão desesperadora: amputar o próprio braço. Mesmo em um estado delirante, Aron viu essa como sua única chance de sobreviver.

Como Aron Ralston cortou o braço?

Com um canivete em mãos, ele começou a lenta e dolorosa tarefa. O alpinista sabia que as chances de sobreviver eram mínimas, mas estava determinado a lutar até o fim.

Após seis dias de sofrimento e desespero, finalmente se libertou e conseguiu sair do canyon. Ele precisou rastejar, enfrentar um precipício de 18 metros e caminhar por 10 km até encontrar ajuda.

Como Aron Ralston conseguiu sobreviver?

Uma família holandesa encontrou Aron no caminho de volta e alertou as autoridades locais. O resgate aconteceu quatro horas depois e o levaram para o hospital.

Os médicos afirmaram que ele escolheu o momento certo para amputar o braço, evitando uma hemorragia fatal. Seis meses depois, Aron jogou as cinzas do membro amputado sobre o Blue John Canyon.

A história de Aron Ralston foi inicialmente relatada em seu livro. O sucesso da obra chamou a atenção dos produtores de cinema, que decidiram adaptar a história para as telas.

Onde se passa o filme 127 Horas?

Com direção de Danny Boyle, 127 Horas foi gravado no local exato onde a história ocorreu, para manter a fidelidade aos fatos.

Explore a extraordinária narrativa de sobrevivência em 127 Horas

livro 127 horas

Aron Ralston, um alpinista experiente de apenas vinte e sete anos, enfrenta seis dias de angústia em um remoto desfiladeiro de Utah, nos Estados Unidos.

Após deslocar uma rocha colossal que esmaga sua mão direita, ele se vê preso e inicia uma incrível jornada de coragem extrema para retornar à civilização.

Com recursos limitados, incluindo apenas um simples canivete, enfrenta a perspectiva sombria de uma despedida. Gravando mensagens de adeus para sua família e amigos, Aron está determinado a deixar um registro de sua experiência.

No entanto, uma reviravolta inesperada na quinta noite revela uma inspiração divina que poderia alterar seu destino. Uma narrativa inspiradora, repleta de humor, honestidade e o encontro singular entre a vida e a morte.

127 Horas promete ser uma adição atemporal aos clássicos da literatura de aventura.

Aproveite para ler também:


Por Monique Gomes

Jornalista, blogueira, copywriter, analista de SEO on-page, gestora de tráfego. Fundou e editou dois jornais nas versões impressa e online. Trabalhou na Rock Content, maior agência de marketing das galáxias.