Pular para o conteúdo

Clube do Livro com Leandro Karnal e Gabriela Prioli

Talvez você não esteja lendo tanto quanto gostaria e queira se encorajar a pegar um livro com mais frequência. Foi o que aconteceu comigo.Então me inscrevi na 3ª edição do Clube do Livro que tem Leandro Karnal e Gabriela Prioli como facilitadores. É um grupo restrito a assinantes que dá direito a um aulão virtual e uma live tira-dúvidas por livro. Além deste, existem outros clubes muito bons no Telegram — e gratuitos. Basta fazer uma busca que você acha fácil.

Como funciona um clube de leitura?

No grupo de leitura tradicional, as pessoas se encontram pessoalmente em intervalos regulares – geralmente a cada mês – para discutir um livro específico. Com a praticidade da internet, muitos clubes de leitura acontecem no formato virtual com uma agenda definida de leitura e roda de conversa.

Lista de livros do Clube do Livro com Karnal e Prioli

Se você quer se dedicar à leitura mas não sabe por onde começar, uma dica é acompanhar resenhas de títulos interessantes antes de tomar a decisão de compra. 

Neste post, estou organizando as resenhas do acervo do Clube do Livro à medida que leio.
Acompanhe.

LIVRO 1 – A Mente Moralista, de Jonathan Haid

comprar

Tenho me esforçado a não rir das ações humanas, nem chorar por elas, nem odiá-las, apenas entendê-las. Baruch Spinoza, 1676

Essa frase ilustra a introdução do livro A Mente Moralista, de Jonathan Haidt. Achei extremamente simbólico. Primeiro porque Spinoza é meu filósofo favorito.

Segundo porque é exatamente assim que eu me sinto nesse momento da vida: tentando entender as ações humanas da maneira mais imparcial possível.

O livro chega nesse momento em que as relações estão cada vez mais tensas. Mais e mais pessoas estão apelando para a polêmica de nós contra eles, e a distância entre elas se torna maior e mais hostil.

O autor aborda essa divisão com calma racionalidade e um desejo genuíno de aprender sobre o que causa essa divisão, perguntando de onde nossa moralidade pode se originar e o que pode nos tornar incapazes de ver o outro ponto de vista.

Ele usa metáforas para ajudar a explicar seus argumentos e abre com uma discussão de como os humanos são guiados primeiro pela intuição, e depois pelo raciocínio.

A metáfora final demonstra que os humanos são naturalmente “grupais” assim como egoístas, e que isso pode significar que nossa moralidade pode nos amarrar e nos cegar.

Somos, como sugere o autor, “90% chimpanzé, 10% abelha”. Com isso, ele quer dizer que, embora na maioria das vezes ajamos com nossos próprios interesses no coração, todos temos uma mudança de colmeia.

LIVRO 2 – Galileu e os negadores da ciência, de Mario Livio

Clube do Livro: Galileu e os negadores da ciência, de Mario Livio


comprar

Aqui, o astrofísico Mario Livio explora a vida do cientista renascentista Galileu Galilei e o destino sombrio nas mãos da Igreja Católica.Nascido em 1564, Galileu começou cedo na matemática. Os pais queriam que ele se tornasse médico.

Em vez disso, foi professor de matemática mal pago na Universidade de Pisa e lá iniciou os experimentos que o tornariam famoso.O autor relata os esforços do cientista para sustentar sua família e explorar as afirmações do astrônomo Copérnico de que a Terra girava em torno do sol, em vez do contrário.

Com telescópios de sua autoria, Galileu revelou um universo de imperfeições que não se alinhava com a lógica aristotélica aceita e incomodava os estudiosos jesuítas da Igreja.

Acusado de sustentar teorias “falsas e contrárias ao divino e à Sagrada Escritura”, foi condenado por heresia e forçado a desmentir suas descobertas, passando seus últimos anos em prisão domiciliar.

Ironicamente, ele era um crente fiel que não estava fazendo nenhuma tentativa de minar ou discordar dos ensinamentos da igreja. O autor faz um paralelo entre os negadores das descobertas científicas de Galileu e aqueles que hoje ignoram as evidências das mudanças climáticas. Intrigante, acessível e repleto de insights inteligentes.


LIVRO  3 – Algoritmos da destruição em massa, de Cathy O’Neil 

Clube do Livro: Algoritmos da destruição em massa, de Cathy O'Neil 


comprar

Talvez você já tenha ouvido falar de big data e como os algoritmos que usam esses dados estão fornecendo novos insights sobre padrões de consumo, política e plataformas de mídia social.De fato, os algoritmos estão em toda parte: eles orientam nossos feeds e peneiram os anúncios que vemos.A principal premissa da autora é que muitos algoritmos não são inerentemente justos apenas porque têm uma base matemática. Em vez disso, eles equivalem a opiniões embutidas em código.O livro inclui uma série convincente de estudos de caso que demonstram como as armas de destruição em massa podem surgir como resultado da aplicação de tecnologias de big data à vida cotidiana.Exemplos:

  • algoritmos usados ​​por juízes para tomar decisões de sentença com base nas taxas de reincidência;

  • algoritmos que filtram candidatos a empregos de salário mínimo;

  • algoritmos de micro segmentação usados ​​na política que personalizam mensagens para eleitores individuais;

  • algoritmos para avaliar o desempenho do professor com base nas pontuações dos testes padronizados dos alunos;

  • algoritmos que usam dados demográficos para determinar anúncios online, julgar nossa credibilidade, etc.

Aqui está como O’Neil caracteriza as armas de destruição em massa no livro:“Os aplicativos baseados em matemática que impulsionam a economia de dados foram baseados em escolhas feitas por seres humanos falíveis. Algumas dessas escolhas foram, sem dúvida, feitas com as melhores intenções. No entanto, muitos desses modelos codificaram preconceitos humanos e mal-entendidos nos sistemas de software que cada vez mais administravam nossas vidas. Como deuses, esses modelos matemáticos eram opacos, seu funcionamento invisível para todos, exceto para os mais altos sacerdotes em seus domínios: matemáticos e cientistas da computação. Seus veredictos, mesmo quando errados ou prejudiciais, eram indiscutíveis ou apelativos. Eles tendiam a punir os pobres e oprimidos em nossa sociedade, enquanto tornavam os ricos mais ricos.”

LIVRO 4 – O naufrágio das civilizações, de Amin Maalouf 



comprar


LIVRO 5 – Aprender a Viver: Filosofia para os novos tempos, de Luc Ferry

comprar


LIVRO 6 – Hibisco Roxo, de Chimamanda Ngozi


Clube do Livro: Hibisco Roxo, de Chimamanda Ngozi


comprar


Resenha disponível em 10/02


LIVRO 7 – O Avesso da Pele, de Jeferson Tenório

Clube do Livro: O Avesso da Pele, de Jeferson Tenório


comprar


Resenha disponível em 10/03


LIVRO 8 – Sociedade do Cansaço, de Byung-Chul Han

Clube do Livro:  Sociedade do Cansaço, de Byung-Chul Han


comprar


Resenha disponível em 10/04


LIVRO 9 – O Anel de Giges, de Eduardo Giannetti

Clube do Livro: O Anel de Giges, de Eduardo Giannetti


comprar


Resenha disponível em 10/05


O que achou da lista do Clube do Livro com Leandro Karnal e Gabriela Prioli 2022?

Aproveite para ler também:

7 Dicas para você se tornar um leitor assíduo


Por Monique Gomes

Empreendedora digital, copywriter,
analista de SEO on-page, gestora de tráfego.