A esperança tem duas filhas lindas: a indignação e a coragem

Infelizmente sou motivada a registrar aqui mais um crime em Ubajara. Um casal, moradores do Sítio Moitinga, foram assaltados e em seguida assassinados na noite de ontem, 08 de novembro. Luis Sousa da Silva, 56 anos e Maria Iracema Lira Silva, de 52 anos, foram baleados e não resistiram aos ferimentos. Os autores foram presos, não se sabe até quando. Anúncios Continuar lendo A esperança tem duas filhas lindas: a indignação e a coragem

Jerri não foi o primeiro e nem será o último ubajarense assassinado covardemente

Quando uma pessoa é covardemente assassinada, fica a pergunta: “por quê?”. Tentamos entender o motivo pelo qual alguém, em sã consciência (ou não), tirou a vida de um semelhante. Parece até que precisamos de um bom argumento que justifique tamanha brutalidade, mas sabemos que nada vale a vida de um ser humano. E o que causa maior indignação e revolta, é quando se trata de uma pessoa honesta, trabalhadora, pai de família. Jerri Damasceno, 33 anos, foi assassinado com 4 tiros no peito no dia 05 de novembro, por volta das 23 horas, na porta de casa, quando voltava do … Continuar lendo Jerri não foi o primeiro e nem será o último ubajarense assassinado covardemente

Verdades inconvenientes sobre o Teleférico de Ubajara

Afastada de Ubajara há mais de 9 meses, não pude conter a vontade em escrever essas linhas desde que fiquei sabendo que o teleférico, maior patrimônio turístico de Ubajara e região da Serra da Ibiapaba, o meio de transporte que leva os turistas para a majestosa Gruta de Ubajara, está desativado mais uma vez. Em 2007, ou seja, há 5 anos, fiz um alerta a esse respeito na edição impressa do Jornal Folha Ubajarense, e hoje pretendo refrescar a memória da sociedade diante do fato, pois muito tempo já se passou. Naquela época, o bondinho ficou paralisado no mês de … Continuar lendo Verdades inconvenientes sobre o Teleférico de Ubajara

Mais um pedido recebido. Vamos ajudar?

Sou Adriano Pereira de Oliveira. Gostaria que você me ajudasse. Sou de Edeia Goiás, estou a proucura da família do meu pai que mora em Ubajara. Ele se chama Josias Pereira de Oliveira, saiu de casa aos 12 anos de idade e nunca mais viu a família. Não sabemos se ainda residem em Ubajara e queríamos que alguém ajudasse a encontrá-los. O pai dele se chama Raimundo Pereira de Oliveira, sua mãe Maria Pereira de Oliveira. Os irmãos dele são José Luis Pereira, Francisco Pereira de Oliveira, Deusimar Pereira de Oliveira e Claudia Pereira de Oliveira etc. Antigamente em Ubajara … Continuar lendo Mais um pedido recebido. Vamos ajudar?

Celina e Jaqueline procuram familiares ubajarenses

Todos nós, que fomos educados pelos pais, não podemos medir o tamanho da aflição daquelas pessoas que foram adotadas ou desconhecem a procedência das suas origens. Conhecer a família biológica é como mergulhar na própria identidade, por isso, elas convivem com essa inquietação o tempo todo, independente na nova família ser amável, ou não. Abaixo, leia com atenção os e-mails das leitoras Celina e Jaqueline. Caso conheça alguém da família, por favor comunique-as. Oi, boa noite. Me chamo celina, moro na cidade de Uberlandia (MG), preciso da ajuda do povo de Ubajara para encontrar uma pessoa muito importante: minha mãe … Continuar lendo Celina e Jaqueline procuram familiares ubajarenses

A minha voz é a mesma, mas os meus cabelos…

Internet é coisa de doido, mesmo. Esse blog que eu comecei no ano 2009 ficou muito tempo sem manutenção (aproximadamente uns 3 anos, quando eu me dediquei ao Jornal http://www.folhaubajarense.com.br). Reli alguns textos, ri que gargalhei. Dei uma geral no layout e migrei alguns artigos mais atuais para cá. Os mais antigos não foram alterados. Até os erros de português eu conservei… Dezembro do ano passado recebi um comentário muito inteligente da leitora Clara Garcia Amaral Fernandes no post ‘A cotovia e a cutruvia’, que publiquei em junho de 2009 – veja bem, em junho de 2009. No início de … Continuar lendo A minha voz é a mesma, mas os meus cabelos…

Protesto da Faculdade da Ibiapaba

Eu saí de Ubajara, mas Ubajara não sai de mim… Leiam o protesto do Prof. Stenio Gameleira que foi publicado hoje no amado, odiado e extinto Jornal http://www.folhaubajarense.com.br Se nós não podemos ter uma Universidade Federal ou Estadual, será que não valeria a pena investir numa instituição privada em nossa região. Na verdade não precisamos de investimento financeiro, pois o que necessitamos mesmo é de investimento no sentido de apoio político. A Facib – Faculdade da Ibiapaba apesar de ter solicitado ao MEC – Ministério da Educação o seu devido credenciamento e autorização, ainda se mantém com o Parecer 202/2003 … Continuar lendo Protesto da Faculdade da Ibiapaba

Aos leitores do Jornal Folha Ubajarense

Prezados leitores, Escrevo para comunicar que o Jornal Folha Ubajarense, a partir desta data, está encerrando as suas atividades. Quero agradecer aos anunciantes, que acreditaram no meu trabalho, a todos os leitores, aos assinantes do Boletim de Notícias, aos comentaristas, e especialmente aos vereadores, que renderam boas pautas… Qualquer semelhança com o fato da Fátima Bernardes ter deixado o Jornal Nacional é mera coincidência… O motivo principal do fechamento é que fixei moradia em outro município fora da Serra da Ibiapaba, portanto se tornou inviável a realização de reportagens fotográficas para o município de Ubajara. Mas o Jornal não sairá … Continuar lendo Aos leitores do Jornal Folha Ubajarense

Carta aos alunos do Projovem Urbano

Prezados alunos do Projovem, Lembro do primeiro dia de aula perfeitamente como se fosse hoje. Foi um bate-papo. Depois de me apresentar, contei como foi a minha trajetória no mercado de trabalho, uma vez que a minha missão a partir daquele momento seria dar aulas de Qualificação Profissional em Turismo. Muitos de vocês acharam engraçado quando relatei minha história com o jornalismo, sabendo que uma mesma pessoa poderia desenvolver habilidades e ter diversas ocupações, como, a exemplo do jornal, repórter, fotógrafo, redator, revisor, diagramador e editor. Em seguida, pedi que vocês redigissem uma carta endereçada a mim, contando como foi … Continuar lendo Carta aos alunos do Projovem Urbano