O discurso impagável de Paul Walker na comédia póstuma ‘Busca Alucinante’

Em busca de uma aliança de casamento perdida, um homem acaba se envolvendo em uma aventura inesperada envolvendo anões, palhaços com arco e flecha, drogados, skinheads, mulheres zumbis e um cover de Elvis. Esta é a sinopse do filme Busca … Continuar lendo O discurso impagável de Paul Walker na comédia póstuma ‘Busca Alucinante’

Spoilers cavilosos sobre o novo filme da Scarlett Johansson

No filme Sob a Pele, Scarlett Johansson faz uma alienígena que seduz e captura os homens a troco de nada. Confira o trailer em formato texto: Scarlett Johansson dirige pela cidade. Silêncio. Scarlett Johansson caminha até um matadouro mais próximo. Silêncio. Scarlett Johansson tira a roupa. Silêncio. Scarlett Johansson dirige novamente. Silêncio. Scarlett Johansson caminha pela cidade. Silêncio. Momento de ação: Scarlett Johansson corre. Há quem diga que “a fotografia gélida e trilha sonora primorosa ajudam a compor o cenário perfeito para a trama”. Sob a pele. 16 anos. 110 min. De Jonathan Glazer. Com Scarlett Johansson. Continuar lendo Spoilers cavilosos sobre o novo filme da Scarlett Johansson

Se você é um divergente, tome muito cuidado

No filme Divergente, a sociedade é dividida em cinco facções: Abnegação, formado por pessoas altruístas que se dedicam a ajudar o próximo. Franqueza, por pessoas francas e honestas que falam o que pensam. Audácia, formado por pessoas corajosas e responsáveis pela ordem. Erudição, conhecidos pela inteligência e sabedoria. E, por último, a Amizade, grupo dedicado à paz. Aquele que não se encaixa em nenhuma facção é considerado um indigente. Se alguém for capaz de múltiplas habilidades ao ponto de se enquadrar em mais de uma fação, é considerado um divergente. Os divergentes são vistos como uma ameaça ao sistema e são … Continuar lendo Se você é um divergente, tome muito cuidado

O Congresso Futurista

Que f-i-l-me d-o-i-d-o, mermão. Eu nunca tinha ouvido falar nesse filme, baixei por curiosidade, porque era de graça, porque eu sou doida por filmes. Acho que ele tem uma pegada complexa que renderia calorosos e intermináveis debates sobre a sociedade e o comportamento humano. No mundo onde todos se tornam escravos da tecnologia, as pessoas já não sabem mais quem são. A história me lembrou O Ensaio sobre a Cegueira, de Saramago (o livro). Conta que uma atriz, que faz o papel dela mesma, recebe uma proposta para ser digitalizada. Ela assina um contrato abrindo mão da própria imagem por … Continuar lendo O Congresso Futurista

Glória Pires é a nossa flor rara

Não, eu não vou escrever um post apenas pra dizer o quanto a Glória Pires é uma excelente atriz – pensei, quando assisti ao filme Flores Raras. Mas aí topei com uma entrevista dela na revista eletrônica Profashional e me dei conta que quero registrar isso aqui no blog. Então: a Glória Pires é uma excelente atriz! Como é maravilhoso quando alguém é desafiado e tem a oportunidade de mostrar todo o seu potencial – em qualquer profissão. Flores Raras (2013), com direção de Bruno Barreto, conta a história de amor entre duas mulheres: Elisabeth Bishop (poeta americana vencedora do … Continuar lendo Glória Pires é a nossa flor rara

Serra Pelada, o filme

Na década de 80 eu era uma tchutchuquinha e por isso tenho uma vaga lembrança do fenômeno Serra Pelada, o maior garimpo do mundo localizado no Pará. Assim como eu, muita gente da minha geração deve ter gostado de relembrar esse marco na história do país assistindo ao filme Serra Pelada, dirigido por Heitor Dhalia e Wagner Moura. A obra mostra como a busca de um sonho pode se tornar um vício destrutivo onde o tempo e o que se faz dele são o ouro mais precioso. Continuar lendo Serra Pelada, o filme

Gravidade é de tirar o fôlego

Eu nunca participei de uma missão espacial, até assistir ao filme Gravidade. A fotografia, as cenas e os efeitos sonoros, incluindo o silêncio, parecem tão reais, que sim, eu estava lá. Uma aflição (boa) do começo ao fim. O que faz o filme ser ainda melhor é ela, claro, Sandra Bullock com seu carisma. Aliás, quando o diretor aposta no ousado o resultado é sempre surpreendente, como o fato de colocar Sandra Bullock e George Clooney como astronautas, por exemplo. Assim como fez Tarantino, no filme Django Livre, ao fazer de Leonardo DiCaprio um fazendeiro impiedoso dono de escravos, oportunizando o ator a … Continuar lendo Gravidade é de tirar o fôlego

O céu eu vou tocar

Ventos frios me chamando Vejo o céu azul brilhar As montanhas sussurrando Que pra luz vão me levar Vou correr Vou voar E o céu eu vou tocar Vou voar E o céu eu vou tocar Onde os bosques tem segredos E as montanhas imensidão Águas guardam os reflexos Dos tempos que se vão Vou gostar de cada história Meu sonho guardarei Como o mar e a tempestade Valente sempre serei Continuar lendo O céu eu vou tocar