Como não amar a Praia de Arpoeiras?

A distância da maré baixa na Praia de Arpoeiras, em Acaraú, pode chegar até a 2km, por isso ela é considerada a praia mais seca do Brasil – e a segunda mais seca do mundo. Mas é preciso ser uma pessoa muito preguiçosa para não gostar de Arpoeiras: a distância do mar é o convite para uma boa caminhada em busca do horizonte em um cenário paradisíaco. Assim como toda praia, ela também tem o período de cheia, mas quanto mais longe da civilização, maior é o mistério. O clima é tranquilo e agradável. Existe ali uma energia, que não … Continuar lendo Como não amar a Praia de Arpoeiras?

Não sobreviveríamos a um ataque zumbi no feriadão

Acaraú está caminhando para se consolidar no Turismo. Durante o carnaval, a segurança foi reforçada e os visitantes foram bem recebidos. Fomos confundidos com turistas e na parada do sinal recebemos um lixeiro decorativo para carros com a inscrição de boas vindas. Dentro, um folder com aos atrativos da cidade.  Quem fez feio nesse feriadão foram as agências bancárias. Não havia dinheiro nos caixas eletrônicos(*), nem na quarta-feira de cinzas, pela manhã. De fato, não é uma tentativa de beneficiar o cidadão para que ele economize no carnaval. Certamente, a população de Acaraú não sobreviveria a uma emergência, tipo um … Continuar lendo Não sobreviveríamos a um ataque zumbi no feriadão

Onde eu posso comprar um cinto?

Há mais de dois meses tentando, sem sucesso, comprar um cinto preto, básico, resolvi provocar o questionamento com minhas amigas no facebook: ‘Aqui no Acaraú, o que uma mulher precisa fazer para comprar um cinto?’ Depois de alguns comentários e outras “curtidas”, atentei para o fato de que alguém poderia aceitar isso como uma ofensa, uma vez que ficou explícito que o comércio em Acaraú é carente. Sim, o comércio em Acaraú é carente. Mas não postei aquilo por protesto, ou por crítica. Mas, pensando bem, uma crítica sempre é bem-vinda, pois provoca transformações. Eu sou uma cliente em potencial … Continuar lendo Onde eu posso comprar um cinto?

Sabe aquela pergunta que você esqueceu de fazer?

Uma repórter fotográfica só aparece na fotografia quando outro fotógrafo entra em cena. É coisa rara, mas às vezes acontece. Por isso vou registrar aqui no blog essa imagem histórica da primeira matéria que eu fiz em Acaraú, que foi para os empresários da ACCN – Associação dos Carcinicultores da Costa Negra, junho de 2012. Continuar lendo Sabe aquela pergunta que você esqueceu de fazer?

Colégio Virgem Poderosa e a trajetória das profissões

Terça, dia 16 de abril, tirei o uniforme do jornal Folha Ubajarense do armário para participar de uma mesa redonda na II Jornada de Trajetórias Profissionais do Colégio Virgem Poderosa, no centro de Acaraú. O encontro foi muito prazeroso, pois relembrei fatos marcantes que aconteceram quando eu editava um jornal na cidade de Ubajara. Falei sobre as várias profissões dentro da área de jornalismo, principalmente direcionado ao jornal impresso e online, a exemplo do editor, repórter-fotográfico, redator, revisor e diagramador, bem como as técnicas que desenvolvi, empiricamente, para exercer todas essas funções sozinha. Os alunos fizeram perguntas bem elaboradas e … Continuar lendo Colégio Virgem Poderosa e a trajetória das profissões

Entrevista concedida aos alunos da Escola Profissional Marta Giffoni

Os alunos do segundo ano, do curso técnico de eletromecânica, entrevistaram a minha humilde pessoa a respeito da tecnologia. Confira: O que você sabe a respeito das novas tecnologias digitais em relação às bibliotecas? Monique – As palavras tecnologia e biblioteca logo me remetem aos tablets. Há alguns dias, eu estava fechando a compra de uns livros na livraria virtual da Submarino, quando me veio a ideia de cancelar o pedido e comprar um tablet. Existem diversos sites na internet que oferecem e-books gratuitos, que você pode baixar diretamente para o tablet. Percebi que seria mais vantajoso comprar o aparelho … Continuar lendo Entrevista concedida aos alunos da Escola Profissional Marta Giffoni