O Som do Silêncio revela as respostas mais sábias

Quem nunca afastou os próprios fantasmas com uma atividade barulhenta, como ouvir música alta, por exemplo? Imagine se tornar especialista em tocar bateria apenas para ter tudo arrancado de si e, de repente, não ser mais capaz de ouvir um único som?

O Som do Silêncio (Sound of Metal, 2020), um dos filmes indicados ao Oscar 2021, é um drama disponível na Amazon Prime Video. Continue a leitura para saber por que vale a pena assistir. 

Filme: O Som do Silêncio

Ruben, interpretado por Riz Ahmed (foto), é baterista de uma dupla de heavy metal ao lado da namorada e vocalista, Lou (Olivia Cooke — por que fizeram isso na sua sobrancelha, miga?). Eles moram em um trailer modesto, mas permite que viajem pelo país em seus passeios. 

O músico é um viciado em recuperação que está limpo há quatro anos. Tudo está indo perfeitamente bem até o início do drama. Graças a um design de som fantástico, notamos que a audição de Ruben começa a diminuir gradualmente. 

O diretor Darius Marder nos coloca frequentemente no estado de Ruben: ouvindo sons abafados ou conversas ininteligíveis. Na verdade, é interessante notar quando a trama prende o espectador na condição auditiva dele e quando nos permite escapar dela.

Apesar do problema, ele decide continuar fazendo shows mas, inevitavelmente, quando começa a afetar o desempenho na bateria, entra em pânico e decide ir ao médico. Isso apenas confirma seu pior medo: perder parte da audição com prejuízo total se continuar a se expor a ruídos altos.

Há respostas que só o silêncio é capaz de dar

A vida inteira de Ruben gira em torno de sua música, então a notícia o atinge com força. Aqui, o personagem principal é lançado em uma situação horrível: é impedido de fazer o que ama.

A atuação de Ahmed como deficiente auditivo é cativante e fascinante de assistir. As expressões faciais comunicam os sentimentos de Ruben de uma forma raramente vista em um filme onde há muitas falas. 

Ele frequenta uma clínica de reabilitação para surdos, onde é orientado por Joe (Paul Raci), que nunca deixa de dizer a coisa certa na hora certa. Acontece que nem todos estão abertos ao aprendizado e, assim, a jornada se torna mais demorada e sofrível.

O Som do Silêncio é cheio de momentos frustrantes, mas, acima de tudo, tem muito a nos ensinar. Embora o final pareça um pouco comum, é, sem dúvida, uma passagem catártica cuja mensagem é poderosa e merecedora de todos os elogios.

Se você ainda não assistiu a O Som do Silêncio, assista com atenção ou, melhor ainda, use fones de ouvido. É um filme projetado para envolvê-lo, e não apenas para ser reproduzido em segundo plano.

Além de Frete GRÁTIS ilimitado em milhões de produtos elegíveis, ao ser membro Prime você tem acesso a filmes, séries, músicas, eBooks, revistas, jogos e muito mais em uma única assinatura, por apenas R$ 9,90/mês. Assine agora mesmo!

 

 

 

 

 

 

 

Aviso: As páginas associadas ao Blog da Monique 
contém links afiliados da Amazon e isso não afeta 
o preço que você pagará no caso de realizar 
qualquer compra por meio deles. O Blog 
poderá receber uma pequena comissão pela venda.

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s