Eu conto ou vocês contam?

Os idosos que hoje se informam por meio de redes sociais, canais no Youtube com informações mentirosas e grupos de Whatsapp não conseguem enxergar o desprezo que Jair tem por eles, mas mesmo assim o defendem com unhas e dentes.

Não foi uma, não foram duas ou três, mas várias vezes em que o presidente se referiu a eles como pessoas sem a menor importância para a sociedade. Só pra relembrar algumas:

“Idosos vão morrer pelo vírus? Sim, vão morrer. Se tiver um com deficiência, pegou no contrapé, eu lamento”;

“Que morram os vulneráveis para a gente ter uma geração saudável”.

“Estão morrendo, sim, mas na grande maioria são idosos…”

Todos nós iremos morrer um dia”.

A própria assessora do ministro da educação disse: “A morte de idosos melhorará nosso desempenho econômico”.

Isso remete muito ao conceito de eugenia, um fenômeno que marcou a Alemanha nazista, quando doentes, pessoas com deficiência e além das raças consideradas “impuras”, como judeus e ciganos, foram mortos nos campos de concentração.

O intuito era eliminar os vulneráveis para construir uma “raça pura” de alemães arianos, que seriam supostamente superiores, segundo a crença nazista.

A simbologia por trás do tal “desafio do leite”

Essa observação eu fiz dias antes do “desafio do leite”. Em uma live recente, Bolsonaro e convidados apareceram bebendo um copo de leite. Allan dos Santos, dono do blog Terça Livre (que está sendo investigado na CPMI das fake news), também repetiu o gesto, dizendo: “entendedores entenderão”.

Beber leite puro em público é um ato da chamada alt-right supremacista nos EUA. São ativistas e entidades de extrema-direita de cunho fascista cuja atuação remonta desde 2017, quando teorias pseudocientíficas começaram a ganhar popularidade. Uma delas diz que somente “pessoas de raça branca” possuem alta tolerância à lactose, estando aptos, portando, a tomar mais leite.

O outro lado: segundo a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, o presidente e outros representantes do governo aderiram ao desafio da Associação Brasileira dos Produtores de Leite. A entidade propôs que eles gravassem vídeos tomando um copo de leite como forma de valorizar o setor e apoiar o consumo de leite e derivados em meio à crise do coronavírus. Hum… çei…

Manifestações pró-Bolsonaro usa elementos neonazistas

Na manifestação a favor de Jair que aconteceu domingo, 31 de maio (pausa: que líder participa de um evento semanal como se estivesse em plena campanha eleitoral? que outro presidente faz isso diante de uma pandemia que matou, até o momento, quase 30 mil pessoas no país?), o grupo bolsonarista liderado por Sarah Winter (a moça que também responde a processo na CPMI das fake news) vestia roupas e usava acessórios em alusão à Ku Klux Klan (movimento originário nos EUA que defende correntes reacionárias, como: supremacia branca, antissemitismo e outros.

Paralelo a esses eventos, o deputado bolsonarista André Fernandes (PSL) postou recentemente no Instagram uma imagem dele em frente ao espelho fazendo gesto nazista e com bigode de Hitler.

David Duke, ex-líder da Ku Klux Klan, membro da extrema direita e negacionista do holocausto (sim, acredite) elogiou Bolsonaro: “Ele soa como nós”. A declaração foi ao ar em um programa de rádio nos EUA e divulgada nos principais jornais.

As inspirações nazistas de Jair e seus seguidores antecedem até mesmo a sua chegada ao poder. O lema “Brasil acima de tudo” é uma adaptação do “Deutschland Uber Alles” (Alemanha acima de tudo), do hino nazista.

Eu queria ter sangue de barata, mas aí eu seria uma barata.

Tudo isso são coisas que me deixam triste, muito, mas muito triste mesmo em saber como é fácil banalizar o mal a esse ponto.

Não tô conseguindo lidar com isso.

Tá difícil.

 

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s