O que há de errado com os jovens?

Existem determinadas situações que apontam para uma visível mudança de comportamento. Muita coisa mudou. Os jovens de hoje são bem diferentes dos jovens da nossa geração.

Em entrevista ao Jornal Estadão, o cantor Frejat fez uma observação sincera que mostra uma triste realidade. Acompanhe:

“O público de hoje é muito disperso. É uma coisa de geração mesmo. Tem cara que nem assiste ao show na hora. Grava com o celular e vai ver em casa. É difícil construir uma carreira com um público que hoje em dia tem um déficit de atenção. As pessoas hoje buscam a música de uma maneira diferente da que elas buscavam na década de 1980. E isso não é necessariamente saudável. Quando era adolescente, ficava horas no quarto ouvindo discos. Hoje, não existe vínculo com a música. O público tem assimilado pouco o nosso trabalho. Nós músicos ficamos chateados com isso.”

‘Déficit de atenção’ é até eufemismo. Os jovens de hoje não valorizam o momento que vivem, não justificam a própria existência. A verdadeira felicidade está nas coisas mais simples da vida. Quem não consegue enxergar poesia na simplicidade certamente é muito infeliz e ocasionalmente pode sofrer de depressão, ansiedade e todo tipo de distúrbio.

Talvez isto explique o motivo de ter aumentando absurdamente a venda de medicamentos como o Rivotril. Segundo a Anvisa, só este ano já foram consumidas 23 milhões de caixas dessa droga, enquanto em 2007 foram vendidas 29 mil.

Preocupante.

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s