Se você é um divergente, tome muito cuidado

Divergente é uma série sobre uma sociedade dividida entre facções atribuídas e uma garota que não se encaixa em nenhuma delas. A força moral dos livros reside no lembrete constante de que você deve sempre, em todas as circunstâncias, tomar decisões por si mesmo, em vez de deixar que a sociedade dite essas decisões a você.

Beatrice, a personagem principal, nasceu na Abnegação, mas está longe de ser altruísta. Determinada e obstinada, quando recebe os resultados de seu teste de aptidão, ela descobre que é “divergente”, o que significa que não se encaixa em nenhum clã. Em vez disso, Beatrice se encaixa em três: Abnegação, Erudição e Audácia.

O mundo em que Beatrice vive não é fácil. Depois de receber os resultados do teste de aptidão, uma pessoa divergente pode escolher permanecer na facção em que nasceu ou testar em uma facção mais adequada. Se eles falham no teste, eles ficam “sem facção” e são forçados a viver na pobreza.

No filme Divergente (2014) a sociedade é dividida em cinco facções:

1. Abnegação: pessoas altruístas que se dedicam a ajudar o próximo;

2. Franqueza: pessoas francas e honestas que falam o que pensam;

3. Audácia: pessoas corajosas e responsáveis pela ordem;

4. Erudição: pessoas conhecidas pela inteligência e sabedoria;

5. Amizade, grupo que se dedica à paz.

Aquele que não se encaixa em nenhuma facção é considerado desprezível. Se alguém for capaz de múltiplas habilidades ao ponto de se enquadrar em mais de uma facção, é considerado um divergente. Os divergentes são vistos como uma grande ameaça ao sistema.

O que significa a palavra divergente?

“é um adjetivo que representa algo ou alguém que se difere, discorda, se opõe e se afasta dos demais indivíduos que pertencem ao seu grupo. A ideia de divergente está relacionada com tudo aquilo que se opõe.

Uma pessoa divergente é aquela que não se enquadra no contexto de determinado grupo ou situação, tem opinião diferente dos outros e não concorda com facilidade com pontos de vista alheios aos seus.”

Trilogia Divergente na Amazon

Divergente é um filme de ação, ficção científica e suspense estadunidense dirigido por Neil Burger, baseado no livro homônimo de Verônica Roth. Confira a ordem de leitura da série.

Nesta versão futurista da cidade de Chicago, a sociedade se divide em cinco facções dedicadas ao cultivo de uma virtude – a Abnegação, a Amizade, a Audácia, a Franqueza e a Erudição. Aos dezesseis anos, numa grande cerimônia de iniciação, os jovens são submetidos a um teste de aptidão e devem escolher a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas.

 

Em Insurgente, a aguardada continuação da série de distopia que se tornou o novo fenômeno do disputado mercado Young Adult após Jogos Vorazes, a jovem Tris tenta salvar aqueles que ama – e a própria vida – enquanto lida com questões como mágoa e perdão, identidade e lealdade, política e amor.

 

Narrado sob uma emocionante perspectiva dupla, Convergente conclui de maneira poderosa a série que alcançou o primeiro lugar na lista de bestsellers do New York Times, na qual Veronica Roth revela os segredos do mundo distópico que cativou milhões de leitores com Divergente e Insurgente.

“Nós temos sorte por estar na cidade. Dizem que a guerra foi terrível, que o resto do mundo foi destruído. Nossos fundadores construíram um muro para nos manter seguros, e nos dividiram em 5 grupos, facções, para manter a paz.

Os inteligentes, aqueles que valorizam o conhecimento e a lógica, estão na Erudição. Eles sabem tudo. A Amizade cultiva a terra. Eles são gentis e buscam harmonia, sempre felizes. A Franqueza valoriza a honestidade e a ordem. Eles falam a verdade, mesmo quando você gostaria que eles não falassem.

E tem a Audácia. Eles são nossos protetores, nossos soldados, nossa polícia. Eu sempre achei eles maravilhosos. Corajosos, destemidos e livres. Alguns acham que quem é da Audácia é louco, e eles são um pouco mesmo. Minha facção é a Abnegação.

O outros nos chamam de “inflexíveis”. Nós levamos uma vida simples, altruísta, dedicada a ajudar os outros. Nós até alimentamos os Sem Facção, aqueles que não se encaixam. Por sermos servidores públicos, nos é confiada a administração governamental.

Meu pai trabalha junto com nosso líder, Marcus. Tudo funciona. Todos sabem o lugar ao qual pertencem.

Menos eu.”

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s