Lucinha, uma ubajarense no Acaraú

Certo dia, quando meus cachorros Panda e Nina me levaram para um passeio (sim, são eles que me levam…), me distraí e acabei perdendo a chave de casa. Apavorada, porque era a única cópia até então, voltei a percorrer o mesmo trajeto, escaneando o chão com os olhos por cada metro quadrado. De repente, vejo uma senhora branquinha, cabelos dourados e olhinhos bem azuis perguntando aos vizinhos se alguém havia passado por ali procurando uma chave perdida. Foi assim que conheci a Lucinha – ou Tia Lucinha, como gosta de ser chamada. Uma miniatura de pessoa, gigante em bondade e solidariedade.

Quando soube que eu vinha de Ubajara durante nosso bate-papo, logo nos tornamos amigas íntimas, pois ela é natural do Sítio Itaperacema. Conta que foi embora com 9 anos e, apesar da pouca idade, ainda guarda muitas lembranças da cidade e de algumas pessoas, como o Padre Moacir (in memoriam), entre outras das famílias tradicionais.

A partir de então, todas as vezes que me encontro com a Tia Lucinha pelas calçadas da vida, escuto seu desabafo sobre o desejo de rever sua cidade natal e encontrar os parentes.

Na festinha de comemoração de seu aniversário, que aconteceu sábado, dia 14 de abril, muitos amigos saíram de casa para dar um abraço bem apertado na Tia Lucinha, uma figura querida que foi adotada com todo afeto pela população de Acaraú.

Se você conhece a família da Tia Lucinha, que provavelmente ainda mora no município de Ubajara, por favor, mande informações através deste Blog ou envie um e-mail para monique.gomes@gmail.com

Abaixo, leia a homenagem de Vanúsia Dias, que conta um pouco sobre a história de Tia Lucinha:

Lúcia Maria Gomes, a Lucinha, é natural do município de Ubajara, da região da Serra da Ibiapaba, no estado do Ceará, nascida em 10 de abril de 1944 (Data criada para comemorar seu aniversário, uma vez que ela não possuía nenhum documento). Seus genitores são de origem desconhecida. Não os conheceu, e nem mesmo quaisquer outros membros familiares. De sua vida de infância não se lembra de muita coisa. Mas para sua sorte e nossa, foi acolhida na Diocese de Sobral, por Dom João José da Mota e Albuquerque, Bispo Diocesano (nessa época, Ubajara pertencia à Diocese de Sobral). Foi amparada pelo Pe. Sabino de Lima, então vigário da Paróquia de Acaraú, que a entregou aos cuidados da Irmãs Cordimarianas, no início da década de 60, na pessoa da Irmã Júlia, que na época dirigia a Escola Normal Virgem Poderosa, hoje conhecido como Colégio Virgem Poderosa. Foi assistida durante todo esse tempo pelas religiosas que por aqui foram passando. Recebeu carinho, educação, instrução, formação das irmãs, também colaborava nos serviços da casa, dava e recebia. Dedicou-se, especial e carinhosamente à Irmã Mônica (in memoriam), a quem devotava um afeto especial. É afilhada de Irmã Margarida Maria Barata de Castro.
Lucinha cresceu ao lado das Irmãs Cordimarianas. Católica fiel, é catequista de crianças, participa do movimento da Legião de Maria. Gosta de servir, de visitar pessoas doentes. É uma presença atuante na comunidade, uma pessoa especial, querida e estimada por muita gente, que ao longo dos anos conquistou suas amizades. Lucinha vive cercada de carinho, de afeto, hoje em sua casa construída pela congregação, na pessoa da Irmã Cleta, recebe seus amigos e agradece a Deus por tudo. Mas nós é que agradecemos à Deus pelo o dom da sua vida e por sua vinda para o Acaraú. Assim nós podemos compartilhar com ela estes anos. Podemos afirmar que a Lucinha participou da vida de muitos aqui presente, pois acompanhou o crescimento e formação de muitos de nós, a quem ela chama carinhosamente de “os meus meninos(as) cordimarianos”. Muitas gerações já passaram pelo Colégio Virgem Poderosa, e lá estava a Lucinha, amparando e cuidando de cada um de nós.Roguemos à Deus Lucinha, que nos permita participar de sua vida e que você continue a fazer história em nossas vidas.

Uma homenagem da sua “menina cordimariana”.

Parabéns pelo seu aniversário.

Anúncios

Um comentário sobre “Lucinha, uma ubajarense no Acaraú

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s