Resposta ao leitor

“Tenho orgulho de ser UBAJARENSE, e a FEPAI traz de volta o gosto bom de se viver em UBAJARA, ai ai que vontade de estar aí! Um grande beijo e aproveitem muito… Boas festas!”
Comentado em 30.08.08 às 11:37:38 por Herbenia Alves

É verdade, Herbênia. A FEPAI se consolidou de tal forma que é a cara de Ubajara. Lembro que o ano passado os organizadores pretendiam mudar o nome da Feira para dar outro perfil ao evento e o boato se espalhou que não haveria mais FEPAI. A cidade ficou em clima de final dos tempos, de apocalipse… Beijo grande!!!

“…Uba arregaçou as mangas e resolveu partir para o ataque…” Como se observa no trecho supra citado, se deduz que Uba era um índio progressista e bastante antenado nas modernidades, já que rapidamente ele incorporou às suas indumentárias, roupas com mangas (que ele arregaçava) que, além de novidade para a época, servia para amenizar o implacável frio que descia pelas escarpas da Serra da Ibiapaba e, também, para deixar impressionada a vagaba da Jara, que, pelo pouco que li, já saquei se tratar de uma índia devassa e ninfomaníaca que deve ter dado para meia tribo, por detrás das moitas, ao invés de “derrubar” as tanajuras. Safada, essa Jara e coitado do Uba”.
Comentado em 29.08.08 às 14:36:05 por Acidcoment

Estimado Anônimo, o romance indígena Uba e Jara acontece numa cidade do interior do Ceará, por isso o uso freqüente do dialeto, expressões populares e gírias. “Arregaçar as mangas” não significa exatamente que Uba estava usando uma camisa, e isso seria absolutamente normal, pois os índios foram catequizados e induzidos a adotar a nossa cultura de cobrir o corpo com pedaços de pano. A expressão “arregaçar as mangas” pode ser entendida como “tomar uma atitude”. Quando o romance ficar pronto, eu posso preparar um glossário especial com esses termos.
O que me impressiona é que ao ler o início dessa história você tenha rotulado a índia Jara de “vagaba”, “devassa” e “ninfomaníaca”. Imaginação fértil e pervertida essa sua. Suponho que você seja o tipo do cara que só se relaciona com mulheres intelectualmente muito inferiores a você, mulheres fúteis com a inteligência de uma porta, porque esse é o único jeito de você se sentir seguro e superior a elas. Seu pensamento é tosco, ‘sua piscina está cheia de ratos e suas idéias não correspondem aos fatos’.

Anúncios

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s